Peculato

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (863 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Acadêmico: Cristiano Souza Pena. Direito VI nível, noturno.PECULATO


O peculato é um dos tipos penais próprios de funcionários públicos contra a administração em geral, isto é, só pode ser praticado por servidor público, embora admita participação deterceiros.
O peculato é basicamente apropriar ou desviar valores, bens móveis, de que o funcionário tem posse justamente em razão de seu cargo ou função exercida. A pena para este crime é de reclusão,de 2 a 12 anos, sendo da mesma forma caso o funcionário público não tenha posse do dinheiro, valor ou bem, mas o subtraia ou concorra para que seja subtraído, em proveito próprio ou alheio, em virtudeda facilidade decorrente do cargo que ocupa. Então, é o fato do funcionário público que, em razão do cargo, tem a posse de coisa móvel pertencente à administração pública ou sob a guarda desta (aqualquer título), e dela se apropria, ou a distrai do seu destino, em proveito próprio ou de outrem. Artigo 312 do Código Penal tipifica o peculato como: Crime de apropriação por parte do funcionáriopúblico, de dinheiro, valor ou qualquer outro bem móvel, público ou privado de que tenha a posse em razão do cargo, ou desviá-lo em proveito próprio ou alheio. Além de, não tendo a posse, mas valendo-se dafacilidade que lhe proporciona o cargo, subtrai-o ou concorre para que seja subtraído para si ou para alheio.
Artigo 313 do CPP: "Apropriar-se de dinheiro ou qualquer utilidade que, no exercício docargo, recebeu por erro de outrem: Pena - reclusão, de um a quatro anos, e multa".
O referido artigo trata-se de crime contra a administração pública apresenta a conduta do funcionário público que seapropria de dinheiro ou qualquer utilidade que lhe foi entregue por engano, descuido, desleixo ou qualquer outro erro que levou terceiro a entregar quantia ou utilidade ao funcionário público....
tracking img