Paz na escola

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2834 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Projeto: PAZ
















Maio/ 2011

[pic]

GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS
SECRETARIA DA EDUCAÇÃO
SUBSECRETARIA DA EDUCAÇÃO BÁSICA
SUPERITENDENCIA DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO






JOSÉ WILSON SIQUEIRA CAMPOS
Governador do Estado do Tocantins

DANILO DE MELO SOUZA
Secretário de Estado da Educação

RICARDO TEIXEIRA MARINHO
Secretário ExecutivoMARCIANE MACHADO SILVA
Subsecretária da Educação Básica

CRISTIANE SALES COELHO
Subsecretária de Gestão e Finanças

MARIA ELIZA RODRIGUES SALGADO LANA
Diretora de Ensino Médio
























Elaboração

Maria Eliza Rodrigues Salgado Lana
Fabricia Neli Johann


Colaboradores

Elza Maria da Luz
Monique Vermut Figueras
Sandra Frankiln Rocha Viana
VeráLúcia Xavier
Ismeni Lima de Moura
Aldizia Carneiro de Araujo
Eleusa Maria Leão
Elida Sabino da Silva
Sayonara Barbosa Sena Guimarães
Marcimeire Vieira dos Santos Noleto





































1.Identificação:


Instituição: Secretaria da Educação/ Diretória de Ensino Médio
Titulo: ESCOLA DA PAZ
Área: InterdisciplinarProponente: Diretória de Ensino Médio
Público alvo:Alunos, professores, Funcionários das escolas e Unidades escolares
Período: Abril de 2011 a Julho de 2014.
Possíveis parceiros: Secretaria de Segurança Pública
Policia Militar do Tocantins
Conselho Tutelar
Ministério Público Estadual


2. Apresentação:

O presente Projeto consistena iniciativa de desenvolver ações de caráter formativo e continuo para preparar a comunidade escolar no enfretamento das situações de violência em suas diversas interfaces e no desenvolvimento de ações de combate a violência.
O projeto será especifico para as escolas com alta incidência de ocorrências e advertências motivadas pela violência.
As ações articuladas serão adequadas paracada agente na comunidade escolar com estratégias em três linhas de atuação: Formativa: (palestras, aulas especiais, estudos direcionados, reuniões, seminários). Participativa: Inserir representante/coordenador das ações permanente no Conselho Escolar, discutir e informar sobre as ações vivenciadas para assegurar o combate a violência e prevenção da violência no âmbito escolar. Mobilizadora:envolver toda a comunidade nas ações , sensibilizando, socializando e motivando para desenvolver atitudes pacificas.










3. Justificativa:
Apresentação a violência representa hoje em dos mais sérios problemas a ser enfrentados pela sociedade, não são raros os casos de extrema violência em nossas cidades, contrariando as antigas concepções de que a violência ocorre somente nasregiões mais pobres ou afastadas, situações de uso da violência estão presentes em todas as regiões, nas casas, nas famílias, na internet e na escola.
Vários estudos comprovam que a escola não esta preparada para tratar da violência e para educar para a paz, pois reproduz dentro do ambiente escolar as relações sociais de desigualdade. [1]No Brasil, de acordo com a Organização não GovernamentalPLAN, 84% dos 12 mil alunos ouvidos em seis estados classificaram seus colégios como "violentos", enquanto cerca de 70% deles disseram ter sido vítimas de violência dentro das instituições de ensino.
No Tocantins, já são comuns os relatos de violência física e moral nas escolas, alunos agredidos, livros roubados, meninas assediadas, funcionários humilhados, ofensas e agressões entre professorese alunos são recorrentes, para tentar solucionar essas situações muitas vezes a escola conta apenas com a atuação isolada do orientador educacional, muitas vezes não se resolve o problema, apenas tratando o efeito, sem foco nas causas e em ações preventivas.
Neste contexto, a Secretaria da Educação desenvolve o projeto escola da Paz, uma iniciativa de enfretamento das situações de...
tracking img