Paulo freire

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1861 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A ESCOLA NA VISÃO DE PAULO FREIRE


Danieli Lutes Pereira Kautzmann
Prof. Kélvia Bonatti Kienen
Centro Universitário Leonardo da Vinci – UNIASSELVI
Licenciatura em Pedagogia (PED 0286) – Prática Educativa Módulo IV
03/10/2012


RESUMO

Este trabalho tem por objetivo identificar na bibliografia do Pedagogo Paulo Freire a visão que ele tinha da escola nos seus mais variados aspectos.Para o desenvolvimento do trabalho foram realizadas pesquisas bibliográficas. Percebeu-se que Paulo Freire não foi só um dos mais notáveis educadores dos últimos tempos, ele foi um formador de opinião, trabalhou pela educação politizada e pela formação de senso critico e pela construção da aprendizagem. A pesquisa realizada possibilitou conclusõescomo o educar esta intimamente ligado ao ato de politizar. E que tanto a criança quanto o adulto devem construir seu conhecimento e não tê-los depositados sobre si como se fossem uma tábua rasa. O conhecimento é adquirido de maneira mais humana quando falamos de sobre o que os envolvidos conhecem, e assim a educação acontece de forma natural.

Palavras-chave: Aprendizagem. Metodologia. Escola.1 INTRODUÇÃO

O objetivo geral deste trabalho é identificar nas obras do pedagogo Paulo Freire sua visão com relação à escola nos seus mais variados aspectos. Proporcionar um debate e uma apropriação de um novo pensamento e novo olhar para a construção da educação. Freire manteve sempre vivo a ideia, o valor da autonomia, como elemento essencial à condição humana, somos naturalmente críticos,alguns se utilizam disso e outros nem tanto.

Entender a visão que Paulo Freire tinha sobre o professor, sobre o aluno, e analisar a visão dele sobre a avaliação. Assim como também perceber os benefícios que a comunidade escolar teria se algumas práticas educativas baseadas nas ideias Freire.

Para Freire o maior objetivo da Educação é de conscientizar o educando, principalmente aquelespertencentes às classes menos favorecidas da sociedade, e leva-los a entender sua situação de oprimidos. E incentiva-los a agir em favor da própria libertação, pois quando o oprimido passa a acreditar em si mesmo. Ele consequentemente passa a lutar pela sua liberdade e cria condições para se superar.


2 A ESCOLA NA VISÃO DE PAULO FREIRE


2.1 O PROFESSOR SEGUNDO PAULO FREIRE

Freire nãodesconsidera o papel informativo da educação, mas afirma que o conhecimento não pode ser confundido com a verdade, é necessário elaborar uma teoria a partir dos interesses dos oprimidos, que lhes permita reelaborar e reordenar seus próprios conhecimentos com base naquilo que lhes é familiar.

A educação tradicional trata o professor como superior aos alunos, pois ele dá as notas, passa trabalhos,tem competência critica, e está em apto a entender o que o aluno não está. Já o Educador libertário, busca superar através do diálogo e de uma atitude democrática com relação a sua postura. O professor autoritário não humaniza, pois não o chama para pensar, a observar a sua realidade, pelo contrário não os permitindo se apropriarem do conhecimento. Pois conforme Freire: “Se a educação sozinha nãotransforma a sociedade, sem ela tampouco a sociedade muda”.


2.2 O ALUNO SEGUNDO PAULO FREIRE

Nossa sociedade possui tantos educandos de culturas diferentes e tem o dever de educa-los respeitando essa diversidade, e deixando de lado o pensamento antigo e ultrapassado de que todos os alunos são iguais e que pensam da mesma maneira e possuem as mesmas capacidades ou mesmos valores. ParaFreire todo educando chega à escola trazendo um pré-conhecimento que não é melhor e nem pior do que as do educador, bem pelo contrário na sala de aula todos tem a mesma oportunidade de aprender juntos, uns com os outros, e para isso é preciso que as relações sejam dialógicas, afetivas e democráticas, dando oportunidades a todos de expressão os outros, e para isso é preciso que as relações sejam...
tracking img