Paulo de tarso

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 29 (7122 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
TARSO, A CIDADE NATAL DE PAULO

Tarso, onde Paulo nasceu e foi criado, era a capital e principal cidade da Cilícia. Era uma das maiores cidades do Império Romano. Hoje, não passa de uma insignificante cidadezinha turca. Alguns de seus largos muros de proteção ainda existem, mas em completa ruína, com flores e mato crescendo pelas frestas. (FERGUNSON, 1998)

“Eu sou judeu, naturalde Tarso, cidade não insignificante da Cilícia” (At 21:39)

Fora da atual Tarso encontra-se uma ponte sob cujos arcos o rio Cnido correra no passado. Hoje só podemos olhar as ruínas e os registros históricos da cidade que abrigou Paulo em sua juventude, e imaginar a influência que suas escolas, academias e ginásios exerceram sobre ele. (FERGUNSON, 1998)
Apesar de sua grandeza,Tarso não se destacava por sua antigüidade. Embora fundada antes de Atenas e Roma, se comparada a Damasco, ou a Jerusalém, não passava de uma criança. Ela experimentou suas primeiras glórias nos dias de Alexandre, o Grande, quando muitos gregos abastados construíram ali suas residências e palácios. A fama lhe proveio principalmente de seu entusiasmo pela cultura. Suas escolas atraíam filósofos eprofessores de renome internacional. A afirmação de que ofuscava qualquer cidade como centro cultural era bem justificada. (FERGUNSON, 1998)

ROMA

Os romanos governavam o mundo. Conquistaram esse direito pela força dos seus exércitos. Eles possuíam o dom da colonização e do governo.
Devido ao poder de suas legiões estacionadas em todas as colônias, eram os donos do mundo. Emborapoderosos, não se aproveitavam dos povos conquistados; pelo contrário, procuravam integrá-los ao seu império, dando-lhes um lugar de honra.
Roma enviou grandes construtores e arquitetos, que edificaram magníficas estradas e levantaram prédios e templos por toda parte. As leis e instituições políticas romanas eram famosas por sua justiça, garantindo o direito de todos os cidadãos. Pauloapelou a esta lei, quando se tornou evidente o preconceito dos tribunais da Judéia contra si.

GRÉCIA

Se os romanos foram os líderes mundiais no tocante à lei e ao governo, os gregos lideraram na cultura e no conhecimento. A arte, a ciência e a literatura desenvolveram-se mais na Grécia que em qualquer outra parte. Embora o império fosse romano, a língua grega foi reconhecida como oidioma empregado pelas pessoas cultas. Os eruditos de todas as nações orientais falavam e escreviam o grego. Essa é a razão de o Antigo Testamento ter sido traduzido para o grego muito antes do nascimento de Cristo, e das cópias mais antigas do Novo Testamento estarem em grego. (FERGUNSON, 1998)
Muitos judeus, nos dias de Paulo, liam as Sagradas Escrituras na tradução grega – a Septuaginta- pois o hebraico estava se tornando rapidamente uma língua morta.
Quando o Cristianismo surgiu, toda praça de mercado tinha seu grupo de eruditos gregos que se deleitavam em discutir palavras e frases, e cujo talento degenerava em confusão. A balbúrdia era às vezes tão grande que milhares de pessoas, tanto conquistadores como conquistados, abandonavam a crença em seus deuses e sistemasfilosóficos. As religiões pagas achavam-se à beira de um completo colapso, decadência e corrupção. Essa era a situação cultural do mundo, quando Jesus e Paulo nasceram.

O NASCIMENTO DE PAULO

O grande apóstolo nasceu por volta do ano três dessa era, no lar de um piedoso casal, no bairro judeu de Tarso. As ruas eram estreitas e as casas pobres, mas aquele dia foi de imensa felicidadepara a família. Contemplaram o rosto do filho, e sentiram-se satisfeitos e orgulhosos.
Embora vivessem numa cidade gentia, seus pais resolveram dedicá-lo ao serviço de Deus, e fazer tudo o que estivesse ao seu alcance para educá-lo como um verdadeiro israelita.
O pai pertencia à tribo de Benjamim e gabava-se disso sempre que os vizinhos
mencionavam suas árvores genealógicas....
tracking img