Paulo como mentor

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1046 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ILUMINISMO

Josiane A. da Rosa Zubek
Prof. Denise Aparecida Musolon
Instituto Teológico Quadrangular – ITQ
Curso Livre em Teologia (3º Série) Teologia Contemporânea
24/10/2012

1 RESUMO

Este trabalho irá mostrar um pouco sobre a história do Iluminismo. Mostrará apenas um pouco daquele que foi considerado século das luzes. Falará sobre o conceito de iluminismo, a negação total dareligião por Nietzche e Karl Marx, a aceitação de Pascoal e Descartes e a influência nos dias atuais.

2 INTRODUÇÃO

Iluminismo é um movimento cultural que se desenvolveu na Inglaterra, Holanda e França, nos séculos XVII e XVIII. Nessa época o desenvolvimento intelectual, que vinha ocorrendo desde o Renascimento, deu origem a idéias de liberdade política e econômica, defendidas pela burguesia. Osfilósofos e economistas que difundiam essas idéias julgavam-se propagadores da luz e do conhecimento, sendo, por isso, chamados de iluministas.
O Iluminismo trouxe consigo o desejo de anular grilhões. Essa rejeição/libertação compreende a negação da religião e da metafísica e a afirmação da bondade e da importância da natureza. Para o iluminismo, o pleno exercício da razão auto-responsável produza maior clareza possível. Surgiu um novo tipo de cabalístico de neo-platonismo, buscando o homem infinito. O Renascimento foi o novo nascimento da Antiguidade clássica do humanismo italiano procuravam na verdade centralizar o homem ao invés de Deus ser o centro. O Empirismo gerou a Filosofia moderna e rompeu radicalmente com a tradição metafísica.

3 DESENVOLVIMENTO

Através do pensamentomoderno gerou uma desagregação geral. Cada nação passou a se desenvolver e a se civilizar por si só, o que generalizou um ceticismo com relação às possibilidades da cultura da civilização ocidental. O circulo de humanista de Florença defendia uma religião leiga que fundisse o Helenismo, Cristianismo e Judaísmo, acentuando o aspecto universal humano. Deus deixa de ser o centro de tudo e o homem passaa ser o centro. O homem procurava uma explicação através da razão (ciência) para todas as coisas. Rejeitava s submissão cega a autoridade e a crença na visão medieval teocêntrica.
Para o Iluminista só através da razão o homem poderia alcançar o conhecimento, a convivência harmoniosa em sociedade, a liberdade individual e a felicidade. A razão era, portanto, o único guia da sabedoria capaz deesclarecer qualquer problema, possibilitando ao homem compreensão e o domínio da natureza. As novas idéias conquistaram numerosos seguidores, a quem pareciam trazer luz ao conhecimento. Por isso filósofos que a divulgaram foram chamados iluministas, sua maneira de pensar, iluminismo, e o movimento, ilustração. As tendências que marcaram o Iluminismo foram; a valorização do culto da razão epredominância da ciência; crença no aperfeiçoamento do homem e a liberdade política, econômica e religiosa.

4 NEGAÇÃO TOTAL DA RELIGIÃO

Friedrich Wilhelm Nietzche, nascido em uma família luterana em 15 de outubro de 1844, netos de pastores protestantes pensava em seguir carreira de pastor no entanto Nietzche rejeita a fé e seus estudos filosóficos o afastam da carreira Teológica. Em uma de suas obrasafirmou a filosofia socrático-platônica como precursora dos valores da decadência do cristianismo, “não devemos enfeitar e nem embelezar o cristianismo”, travou uma guerra de morte contra esse tipo de homem superior anatematizou todos os instintos mais profundos desse tipo, destilou seus conceitos de mal e maldade personificada a partir destes instintos o homem forte como réprobo como “degredadoentre os homens”. Achava que o cristianismo tomou partido de tudo o que é fraco, baixo e fracassado, forjou seu ideal a partir da oposição a todos os instintos de preservação da vida saudável; corrompeu até mesmo as faculdades daquela natureza intelectualmente mais vigorosas, ensinando que os valores intelectuais elevados são apenas pecados, descaminhos, tentações. O exemplo mais lamentável: O...
tracking img