Paul watzlawick e a teoria dos axiomas da comunicação

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (569 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Paul Watzlawick e a Teoria dos Axiomas da Comunicação



Introdução

Este trabalho foi realizado no âmbito do terceiro ano da Licenciatura de Tecnologias de Comunicação e Multimédia doInstituto Superior da Maia. Visa fazer a integração dos conteúdos programáticos da Cadeira de Ética e Deontologia em Relatórios Críticos de apreciação pessoal.

O relatório será dividido em três partes,sendo elas: Inicialmente descrever a biografia do autor, seguido da enumeração das suas obras editadas e por último elaborar as conclusões/reflexões finais sobre todo o trabalho.



Biografia

PaulWatzlawick nasceu em Villach, na Áustria, a 25 de Julho de 1921. Foi um dos mais notáveis teóricos da Teoria da Comunicação e tem importantes trabalhos ao nível das Terapias Familiares e naPsicoterapia. É um dos fundadores da Mental Research Institute de Palo Alto na Califórnia.

Após ter completado os estudos fundamentais na Áustria, ingressou na Universidade de Veneza, onde estudouPsicologia e Filologia, tendo terminado os seus estudos em 1949.

Trabalhou em Zurique com Carl Gustav Jung e 1957 continuou o seu trabalho de investigação na Universidade de El Salvador.



Em 1960, DonD. Jackson convidou-o a ser um dos fundadores do Mental Research Institute of Palo Alto, onde conjuntamente com os seus colegas desenvolveram a teoria do “double bind”, mas o seu grande trabalho foiao nível da teoria da comunicação, trabalho esse desenvolvido em parceria com Gregory Bateson.





Algumas das Obras Editadas

• Cambio (com John Weakland e Richard Fisch), 1976
• ARealidade é Real?, 1979
• A Linguagem da Mudança, 1980
• Teoria da Comunicação Humana (com Janet Beavin e Don Jackson), 1981
• A Arte da Mudança (com Giorgio Nardone), 1990
• AConstrução do Universo (com Marcelo R. Ceberio), 1998



Crítica

Uma das obras mais emblemáticas deste autor é o livro " A Real é Real?" e como defende Watzlawick, numa versão psicológica do...
tracking img