Patologias da orelha interna

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1365 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE VEIGA DE ALMEIDA





TRABALHO:

PATOLOGIAS DA ORELHA INTERNA




Professora: SUSI LATT
Disciplina: FUNDAMENTOS DE AUDIOLOGIA
Curso: FONOAUDIOLOGIA
Aluno: CARLOS EDUARDO DA SILVA GONÇALVES.











RIO DE JANEIRO
2010
1. Surdez Súbita

1.1 - Definição da Patologia

A surdez súbita é uma entidade clínica, de etiologia variada e discutida, que seinstala subitamente numa pessoa de audição normal, progredindo em horas ou dias, geralmente a perda auditiva é unilateral. Pode ser bilateral em 4% dos casos, a agressão a outra orelha faz-se após apreciável período de tempo.
Cerca de 80% dos casos os pacientes apresentam zumbido ou "estalo" na orelha, algumas vezes várias horas antes da perda de audição. Outras vezes, o indivíduo deita-se emperfeito estado de saúde e acorda já com a surdez instalada. Pode vir acompanhada de vertigem. A perda auditiva é do tipo neurossensorial e em grau de intensidade variável, desde pouco acentuada até profunda.


1.2 - Causas

Entre as principais causas conhecidas atribuídas como responsáveis pela instalação de surdez súbita, encontram-se as viroses, os distúrbios vasculares (espasmos vasculares ),as mudanças de pressão barométrica, o trauma acústico violento (explosões), o trauma craniano, o barotrauma (com ou sem fístula perilinfática), a cirurgia estapediana, o neuroma do acústico (etiologia que deve ser sempre suspeitada, pois existe em 10% dos casos), o esforço físico.
A grande maioria das causas de surdez súbita sensorioneural, são desconhecidas. Elas são rotuladas como de causaidiopáticas.
O fato de que a perda auditiva súbita ocorre em qualquer idade enfraquece a hipótese de que a idade seja um fator causal muito frequente.


1.3 - Dados Audiológicos

Achados Audiológicos
No estágio inicial, na maioria de casos, encontramos uma perda auditiva neurossensorial unilateral, de grau severo a profundo. Podemos encontrar uma curva audiométrica linear, ascendente oudescendente.
Em muitos casos pode ocorrer melhora dos limiares tonais, conforme formos repetindo os exames audiométricos.
Na audiometria vocal encontramos resultados compatíveis com o grau de perda auditiva.
Os resultados imitanciométricos caracteristicamente mostram timpanogramas normais, tipo A, e medidas normais de complacência estática. Os reflexos estapédicos, em geral, estão presentes em níveisde sensação reduzidos na orelha comprometida. Em perdas auditivas de grau profundo os limiares dos reflexos não podem ser medidos, pois os sinais não podem ser apresentados em níveis de intensidade suficientemente altos.








Caso 1:
[pic]
L.C.M., 57 anos, sexo masculino, há 3 dias apresentou surdez súbita sem causa comprovada.
Na audiometria tonal e vocal apresentou perda auditivana orelha direita, orelha esquerda com limiares normais.
Fonte: Fundamentos em Fonoaudilogia - Audiologia

Caso 2:

[pic]
Fonte: Manual de Otorrinolaringologia
1.4 - Tratamento

Embora não se possa estabelecer a etiologia na grande maioria dos casos, a hospitalização parece aumentar as chances de recuperação. Em alguns casos os pacientes podem recuperar-se espontaneamente.
Na realimpossibilidade de estabelecer diagnóstico etiológico, providencia-se a internação do paciente para tratamento vasodilatador, na presunção de que a surdez súbita decorreria de alterações vasospásticas na orelha interna. Antes de se internar o paciente (a surdez súbita é considerada emergência otológica), ou durante a internação, devem-se investigar outras possíveis causas, através de anamnese cuidadosae exame otoneurológico. Não se deve nunca deixar de pesquisar, a possibilidade de esforço físico como causa de surdez súbita.

1.5 - Bibliografia:

1. Jack Katz. Tratado de Audiologia Clínica. São Paulo, Manole, 1999.
2. M. Rebelo Pinho, Silvia. Fundamentos em Fonoaudiologia Audiologia. Rio de Janeiro, Guanabara Koogan, 2003.
3. Lopes Filho, Otacilio de C. Tratado de Fonoaudiologia. São...
tracking img