Partido politico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1071 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
SUMÁRIO

1 A POLÍTICA.....................................................................................3.

2 EVOLUÇÃO...........................................................................................4

3 ÚLTIMA ELEIÇÃO..............................................................................5

4REFERÊNCIA.......................................................................................7
1. A POLÍTICA


Em Portugal, O Presidente da República é o chefe de Estado e é eleito por sufrágio universal para um mandato de cinco anos, exercendo uma tripla função: de fiscalização sobre a actividade do Governo, de comando, como Comandante Supremo das Forças Armadas (Exército, Armada, Força Aérea, Guarda Nacional Republicana), e de representação formal do Estadoportuguês no exterior. Reside oficialmente no Palácio de Belém, em Lisboa.

A Assembleia da República, que reúne em Lisboa, no Palácio de São Bento, é eleita para um mandato de quatro anos. Neste momento conta com 230 deputados, eleitos em 22 círculos plurinominais em listas de partidos.[106]
O Governo é chefiado pelo primeiro-ministro, que é, por regra, o líder do partido mais votadoem cada eleição legislativa, e é convidado, nessa forma, pelo presidente da República para formar governo. É o primeiro-ministro quem nomeia os restantes ministros.
Desde 1975, o panorama político português tem sido dominado por dois partidos: o Partido Socialista (PS) e o Partido Social Democrata (PSD). Estes partidos têm dividido as tarefas de governar e administrar a maioria dasautarquias, praticamente desde a instauração da democracia. No entanto, partidos como o Partido Comunista Português (PCP), que detém ainda a presidência de autarquias e uma grande influência junto do movimento sindical ou o CDS — Partido Popular (CDS–PP) (que já governou o país em coligação com o PS e com o PSD) são também importantes no xadrez político. Para além destes, têm assento no Parlamento o Blocode Esquerda (B.E.) e o Partido Ecologista "Os Verdes"


Portugal tem beneficiado significativamente da União Europeia, e é um proponente da integração europeia. Esteve na presidência do Conselho Europeu por três vezes (em 1996, 2000 e 2007), tendo todas elas sido bem sucedidas. Portugal aproveitou as suas presidências para lançar um diálogo entre a UE e África, tornar a economia europeiamais dinâmica e competitiva e, na última presidência, constituir e assinar, em conjunto com os restantes Estados-membros, o Tratado Reformador, que ficou conhecido por Tratado de Lisboa.









2. EVOLUÇÃO POLÍTICA DE PORTUGAL NO SEC XIX

Desencadeada no Porto, em Agosto de 1820, extinguiu-se o regime absolutista e
instaurou-se o liberalismo em Portugal. Preconizada a formaçãode um governo
provisório que convocasse as Cortes donde resultasse uma Constituição, a lealdade ao
rei D. João VI e à religião católica e a manutenção da ordem pública.
Assim, foi formada a Junta Provisional do governo Supremo Constituinte que
convocam uma Assembleia Nacional constituinte, através de eleições em 1821, onde
elaboraram leis que visavam acabar com a estrutura do Antigo Regime;em 1822, as
cortes Constituintes aprovaram a 1ª Constituição Portuguesa (1822).

Período da vida política portuguesa, após a revolução de 1822. O vintismo terminará praticamente em 1823, devido à crescente instabilidade nacional (golpes absolutistas – Vilafrancada e Abrilada -, morte de D. João VI e o problema de sucessão e, finalmente,
a Guerra Civil de 1832-34.Com o triunfo definitivo do regime liberal em 1834, ir-se-á restaurar a Carta
Constitucional de 1826, mais moderada e conservadora que a Constituição de1822. É o período em que o governo da nação se encontra entre os que defendem essa constituição política.
Período político que se inicia em 1851, com o Golpe de Estado do Marechal Saldenha e que põe fim ao período do cabralismo....
tracking img