Participacao

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2210 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O que é Participação?


Bordenave inicia sua argumentação afirmando que o interesse por participação tem generalizado no Brasil nos últimos anos. Temos de formular um exemplo claro de o que é participação, quando nos referimos a essa expressão, estamos nos remetendo a três dimensões: fazer parte, tomar parte e ter parte.
Nas palavras de Bordenave, de fato, a palavra participaçãovem da palavra parte. Participação e fazer parte, tomar parte ou ter parte.
Mas será que as três expressões possuem o mesmo significado? A resposta é não, pois alguém pode fazer parte de um grupo sem tomar parte das reuniões, ou fazer parte da população de um país, sem tomar parte nas grandes decisões, ou, enfim, fazer parte de uma empresa sem ter parte alguma na sociedade.
SegundoBordenave, é possível fazer parte sem tomar parte e que “a segunda expressão representa um nível mais intenso de participação”. Disso deriva a diferenciação entre participação ativa e participação passiva:
Na participação ativa o cidadão toma parte, age frente à realidade, enquanto na passiva o cidadão faz parte, apenas integrando a realidade.

Tipos de Participação


Ao longo denossas vidas, somos socializados por diversas instituições, tais como: primárias, secundárias e terciárias, e é através delas que desenvolvemos as nossas práticas participativas:
• Grupos primários: família, amigos, vizinhos;

• Grupos secundários: associações profissionais e sindicatos;

• Grupos terciários: partidos políticos e movimentos de classe.

Em função desses grupos,podemos falar em processo de micro e macroparticipação.
Microparticipação é a voluntaria de duas ou mais pessoas numa atividade comum na qual não pretendem unicamente tirar benefícios pessoais e imediatos.
Macroparticipação é a intervenção das pessoas nos processos de constituição ou modificação na história da sociedade.
Como garantir diversos canais de participação para toda apopulação? Existem longas discussões a respeito. Alguns afirmam que uma sociedade amplamente participativa e mobilizada seria desejável, já os críticos da participação dizem que ela, quando em excesso, produz desordens e excesso de demanda para os governantes.






Maneiras de Participar


De fato, Bodernave explicou que, a existência da sociedade impele a fazer parte de algumaparticipação familiar, no trabalho, no modo geral buscando a subsistência, porém somos sujeitos a participar, conversar, interagir, a partir do momento em que decidimos viver em sociedade.
A participação depende do individuo para querer se inserir em determinados grupos, ou seja, por livre opção. Tendo várias maneiras de participação, existem algumas que são obrigatórias, sendo o voto obrigatório.A participação voluntária é onde o grupo é criado pelos próprios participantes que definem a organização, objetivos e métodos.
A participação provocada, o autor cita como exemplo do papel que deve ser feito no serviço social e desempenha o desenvolvimento de comunidades, extensão rural.
A participação concedida ocorre quando os agentes públicos analisam o poder e a decisãodos subordinados, ou seja, tem alguma subordinação adotada pelo órgão público.

Os Graus e os Níveis de Participação

Em 1994 Bordenave, adaptou uma escala com os diferentes graus de participação:

A- dotes ( a. recursos ( a. habilidades
B- experiências ( b. motivação ( b. extensão com recursos adquirir influência.

Segundo ele ao se avaliar a participação em um grupo duas perguntas sãofundamentais.

1° qual é o grau de controle de um membro sobre as decisões?
2° as decisões que se pode participar são importantes.

Tem-se assim um quadro que define algumas características de cada um dos graus de participação:

|Grau |Características | Exemplos |
|Informação/ reação...
tracking img