Parque natural da arrabida

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 22 (5492 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
TRABALHOS DE CAMPO I 2011/12 Licenciatura em Ciências do Ambiente

Portefólio
Célia Diocleciana Barbosa Carneiro Aluna n.º 801884

I. RELATÓRIO DA VISITA DE ESTUDO AO PARQUE NATURAL DA ARRÁBIDA 27 De Novembro de 2011

Docentes: Prof.ª Dr.ª Paula Nicolau Prof.ª Dr.ª Ana Paula Martinho Prof. Dr. Pedro Pereira

2

Docentes…………………………………………….……………………………….…………21.Introdução………………………………………………….………………………………...4 2. Materiais e Métodos…………………………….……………………………………......…5 2.1 Localização………………………………………………………………...………………5 2.2. Características da área em estudo…………………….………………………………...6 2.2.1. Características geológicas……………………………….……………………….6 2.2.2. Características biológicas……………...…………………………………………7 2.2.3. Parque Marinho…………………………………………………………………..9 2.2.4. Clima…………………………….……………………………………………...10 2.3. Materialutilizado……………………………………………………………………...11 2.4. Trajecto e locais de paragem…………………………………………………………..11 3. Resumo……………………………………………………………………………………..11 3.1 Cabo Espichel e Enseada dos Lagosteiros………………………………………………..11 3.1.1 Biologia Trabalho de grupo (Actividade 1)…………… ……………………….….13 3.2 Zambujal de Cima………………………………………………………………………...23 3.3 Mata do Solitário / Pedreira do Jaspe…..………………………………………………...24 3.3.1 Pedreira do Jaspe(Actividade2) …………………………………...………………26 4. Reflexão sobre a legislação que está a ser aplicada no PNA (actividade 3) e conclusão final…………………………………………………………… ………………………28

Bibliografia

3

1. Introdução
O Parque Natural da Arrábida (PNA) foi criado em 1976 (Decreto-Lei n.º622/76 de 28/7) no sentido da protecção dos seus importantes valores: botânicos – sobretudo o maquis mediterrânico (uma zona demato própria da região mediterrânica, composto por arbustos muito densos e de difícil penetração, onde podemos encontrar o medronheiro, o loureiro, a urze, a giesta espinhosa, a piteira e alguns cactos) –; geológicos, traduzidos nos acidentes do relevo, nos afloramentos rochosos e na brecha da Arrábida; zoológicos, especialmente representados pela fauna marinha da Pedra da Anicha; e ainda pelosde índole cultural, histórica e paisagística. Integrando desde 2004 a lista de locais a incluir no Património Mundial da UNESCO, todo o seu território está para já classificado como Sítio de Especial Interesse para a Conservação da Natureza – Biótopo CORINE. O seu relevo acidentado desenvolveu microclimas que potenciaram o aparecimento de uma flora de espécies arbustivas de grande interessebotânico. O PNA inclui várias áreas de Reserva Integral, como sejam a Mata do Solitário, a Mata do Vidal e a Mata Coberta. O maciço da Arrábida, formado pela sucessão de três linhas de relevo, confere-lhe desde logo um carácter particular. Assim, entre as colinas de Sesimbra e Setúbal, e diante do mar, encontramos as serras do Risco e da Arrábida. Deixando a primeira linha de relevo e avançando paranorte, surgem, entre Setúbal e Azeitão, as serras de São Luís e dos Gaiteiros, abrindo a sua vista sobre o estuário do Sado e, imediatamente atrás, a serra do Louro. Do cabo Espichel até à barra do Sado a orla é alta e alcantilada, com arribas a elevarem-se a várias dezenas de metros de altura. Na sua base e debruçados sobre uma estreita plataforma continental surgem pequenos cabos, praias (Alpertuche,Portinho da Arrábida e Galapos), enseadas escondidas e grutas marinhas (Lapa do Médico, Greta e Lapa de Santa Margarida).

Na sequência do programa da unidade curricular Trabalhos de Campo I, da Licenciatura em Ciências do Ambiente realizou-se, no passado dia 28 de Novembro, uma visita de estudo ao Parque Natural da Arrábida. Esta visita tinha como objectivos genéricos principais, o estudo dageologia da região, a análise da flora e fauna local e, em termos de Ecologia da Paisagem, a identificação dos habitats mais significativos ou ameaçados. Pretendia-se ainda uma análise crítica sobre os instrumentos de ordenamento do território aplicados em áreas protegidas.

4

2. Materiais e Métodos
2.1 Localização O Parque Natural da...
tracking img