Parkinson

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3342 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de setembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
1- INTRODUÇÃO

A doença de Parkinson foi descrita pela primeira vez em 1817, pelo médico inglês James Parkinson. É uma doença neurológica, que afeta os movimentos do individuo.

Causa tremores, lentidão de movimentos, rigidez muscular, equilíbrio e coordenação debilitados e, em alguns casos, os portadores da doença pode ter dificuldade para andar, falar, escrever, dormir, urinar e nodesempenho sexual. Não é uma doença fatal, nem contagiosa, não afeta a memória ou a capacidade intelectual do parkinsoniano. É a segunda doença neurodegenerativa mais comum - atrás apenas da doença de Alzheimer. Comum em idosos, mas não específica deles, pois metade dos pacientes a contrai antes dos 60 anos; ela pode se desenvolver antes mesmo dos 40. Como é o caso de um jovem britânico de 23 anos quejá foi diagnosticado com a doença. Seus sintomas iniciaram com um pequeno tremor na mão aos 19 anos.

Pesquisadores acreditam que cerca de 95% dos pacientes que sofrem da doença, sofrem por consequência de uma complexa interação entre genes e ambiente (forma esporádica); e, nos outros 5% dos pacientes, a doença é totalmente controlada pela genética.

2- DOENÇA DE PARKINSON

2.1 – ConceitoA Doença de Parkinson (DP), também conhecida por parkinsonismo primário ou paralisia agitante, é uma afecção crônica, progressiva e idiopática do sistema nervoso central, envolvendo os gânglios da base e resultando em perturbações no tônus, posturas anormais e movimentos involuntários. Esta patologia “é uma doença de progressão lenta, que produz enfraquecimento gradual do movimento voluntário,rigidez muscular e possivelmente tremor.”

2.2 – Como ocorre

A debilidade que a doença causa é resultado da morte dos neurônios. As principais células afetadas são as que produzem o neurotransmissor dopamina na região chamada substância negra. Elas são componentes essenciais dos gânglios da base, circuito complexo nas profundezas do cérebro responsável por controlar os movimentos voluntários eajuda a regular o humor. Apesar do cérebro conseguir compensar estas perdas, uma vez que chega na faixa entre 50% e 80%, isso já não é mais possível, pois outras partes do cérebro envolvidas no controle de humor, incluindo o restante dos gânglios de base, o tálamo e o córtex cerebral, não conseguem mais trabalhar juntas e os movimentos perdem o controle.

2.3 – Etiologia

Apesar dos novosconhecimentos adquiridos nos últimos anos, a causa da Doença de Parkinson permanece desconhecida. Provavelmente, existem múltiplos fatores que se somam: fatores genéticos, ambientais e do envelhecimento.

Dentre os vários mecanismos possivelmente implicados na degeneração celular da Doença de Parkinson, estudos destacam os seguintes: ação de neurotoxinas ambientais, produção de radicais livres;anormalidades mitocondriais, predisposição genética e envelhecimento cerebral.

2.4 - Aspectos Epidemiológicos

A prevalência da Doença de Parkinson aumenta de acordo com a idade. 74% das pessoas com esta patologia têm mais de 70 anos de idade e a media de início é de 65,3 anos. No entanto, uma a cada sete parkinsonianos apresenta menos de cinqüenta anos de idade.

Não existe diferença naprevalência que se relacione ao sexo, classe social ou diferenças geográficas.

2.5 – Classificação

A Doença de Parkinson é classificada como:

2.5.1 - Parkinsonismo idiopático
Este grupo inclui a Doença de Parkinson verdadeira, ou paralisia agitante, sendo a forma mais freqüente entre as pessoas de meia-idade ou idosas;

2.5.2 - Parkinsonismo pós-infeccioso (parkinsonismo pós-encefálico)Este tipo de parkinsonismo , segundo se teoriza, é causado por encefalite viral, sendo atualmente pouco freqüente;

2.5.3 - Parkinsonismo tóxico
Sintomas parkinsonianos ocorrem em indivíduos expostos a alguns venenos industriais, agentes químicos, e algumas drogas;

2.5.4 - Parkinsonismo arteriosclerótico (parkinsonismo vascular)
O envolvimento arteriosclerótico e o infarto do tronco...
tracking img