Paris

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3713 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
PARIS – 1902
A sala encontrava-se cheia de mulheres envergando enormes vestidos em tons pastel, com chapéus elegantemente decorados e de homens engravatados, também eles de cabeça tapada, todos sentados em cadeiras simples, olhando a tela aonde era projectado Le voyage dans la Lune. Susan olhou Richard que estava sentado ao seu lado.
- Vamos ficar aqui muito tempo? – Sussurrou.
- Aindavamos ficar algum. Aproveita o filme, Susie… - olhou-a sorrindo levemente – Não é todos os dias que podemos ver coisas destas.
Ela assentiu olhando em frente, para aquilo que se passava na tela.
E ali estavam eles, 11 anos depois da noite da assinatura do contracto. Susan e Richard, Richard e Susan. James e Laura provavelmente ainda estariam na casa que fora alugada pelos quatro. E ela e o dosolhos verdes estavam no cinema, à espera que as vítimas caíssem do céu. O que em Paris era mais comum do que aquilo que se pode pensar. Paris estava sempre cheia, nem que fosse de pobres boémios já sem nenhum tipo de espiritualidade para oferecer, nem mesmo com absinto. O problema é que o Mestre gostava de almas imaculadas, mas aceitava qualquer uma e tirava sempre proveito das mesmas. Não se podiadizer que era mal-agradecido.
A assinatura do seu contracto fora atribulada. Bastante atribulada. Virara-lhe a alma do avesso, revistando cada canto, espalhando tudo por todo o lado.
- Não és a mais indicada para o trabalho, mas aposto que me trarás alguma diversão. – Dissera-lhe o Mestre, cuja cara já não se recordava.
Passou delicadamente a mão pela cara, suspirando. O trabalho não serelevava muito complicado. Matar alguém era simples desde que fosse feito de um modo correcto e rápido. E lidar com Richard era de algum modo, algo que lhe dava uma certa satisfação. Ele era basicamente perfeito, menos quando se entregava ao trabalho. Vê-lo matar era algo que nem um carniceiro aguentaria; mas, por tudo o que vira nos últimos anos, chegara à conclusão que tinha um estômago mais forte doque qualquer um.
Os olhos verdes vibrantes de Richard mantinham-se fixos na nuca de um homem com o cabelo grisalho e chapéu de coco. Se o olhar dele matasse, o pobre homem já estaria sabe-se lá aonde.
Durante a última semana, tanto ele como James, fechavam-se no escritório, conversando durante horas. As cartas vindas de Belfast também multiplicaram. E passava-se algo que muito estranho comRichard.
- Não achas que já era altura de me contares o que se passa?! – murmurou bruscamente ao ouvido dele.
- Em breve saberás… Agora mantém a pose e vê o raio do filme. – bufou, mexendo-se de modo irrequieto na cadeira.
Ela revirou os olhos, fazendo o que ele lhe dissera. Não podia fazer muito mais que isso.
As imagens percorriam a tela, despertando o fascínio nos olhos da assistência.Susan era sem dúvida alguma, a quem a situação era puramente indiferente. Os seus olhos olhavam, mas não viam. A sua mente encontrava-se ainda focada na situação do moreno.
E este estava indiferente a tudo menos ao velho, mantendo-se atento como uma ave de rapina.
- Richard…
- O que é? – Perguntou de mau modo.
- Queres-me explicar a tua fixação naquele homem? Eu sei que não te limitas só àsmulheres, mas… tão velho?
Ele olhou-a, erguendo apenas uma sobrancelha.
- Não tens nada a ver com isso, Susan…
- Tenho sim, afinal de contas, também vim de arrasto para aqui. Por isso, explica-me. O mais depressa possível, se faz favor.
Ele revirou os olhos, voltando a bufar. Aproximou-se dela, como que para a beijar.
- Aquele homem, ano passado, só matou 99 pessoas. Sabes o que issosignifica?
Ela assentiu, olhando-o nos olhos. Bem, o Mestre era bastante mesquinho com os números, mas nunca mandaria Richard fazer o trabalho dos “contabilistas”.
- Sim, e porque estás tu a tratar disso?
Ele agarrou suavemente na nuca dela, fazendo-a olhar o homem.
- É meu irmão… - sussurrou-lhe ao ouvido, num tom sombrio – Filho do meu pai. Curiosamente estamos os dois no mesmo negócio…...
tracking img