Parentesco

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1426 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Foram vários os estudos realizados pelos antropólogos relativos ao parentesco, concluindo em geral, que existem dois princípios básicos em qualquer grupo de parentesco, a afinidade e a filiação ou consanguinidade. A afinidade está representada quando dois grupos socialmente distintos e de grupos de parentesco diferentes, estabelecem relações de parentesco, como por exemplo, através do casamento.A filiação representa os laços de sangue existentes entre diferentes grupos, que podem ser ou não de origem genética, verificando-se entre filhos e pais biológicos ou adotivos ( Batalha , 2003:97-98). 1-A filiação “define relações de consanguinidade reais ou fictícias” (santos, 2002:153), ou seja, pode ser natural ou biológica, tem origem na consanguinidade, e origina a filiação através dos laçosde sangue entre os pais e os filhos ou filiação “fictícia”, onde não existe consanguinidade. Neste caso os pais não são progenitores biológicos, mas são considerados pela sociedade como tal, o que acontece com filhos adotados. Os laços de sangue podem ter ou não base genética e por vezes é difícil distinguir em determinadas sociedades o tipo de filiação que une diferentes grupos, dado que namaioria das culturas as relações de parentesco são as mais importantes formas da sua organização social. Para esconder a dificuldade de reprodução que um homem ou mulher possa ter, em determinadas sociedades, são criadas instituições particulares, como forma de ajudar, na procriação, através de dadores e para que se possa dar continuidade à descendência, verificando-se aqui a importância que areprodução biológica tem nestas sociedades. Por exemplo, nos Nuer, acontece a inseminação natural através de um dador, que é reconhecido para tal, no caso de infertilidade (Héritier, 2000:109). E, também é criada uma instituição de casamento-fantasma, para que haja descendência, em que o homem procria para o irmão defunto (Héritier, 2000:111). Nas sociedades, as regras de filiação são relevantes, poisdeterminam, o grupo de parentesco que determinado individuo irá pertencer futuramente. Alguns autores fazem distinção entre filiação e descendência, pois nem sempre o parentesco social, corresponde ao parentesco biológico (Santos, 2002:153). Na descendência existe consanguinidade, laços biológicos, a filiação vai mais além e abrange também o parentesco social. Existem vários tipos, várias regras, defiliação, que estão presentes em diferentes sociedades e ajudam a lidar com a reprodução biológica. Esta diferenciação dependente das regras e normas de parentesco vigentes nas sociedades onde estamos inseridos. A filiação Cognática ou bilateral está presente na maior parte das sociedades ocidentais, inclusive na nossa sociedade. Tanto o homem como a mulher, são considerados para efeitos deparentesco quer do lado materno ou paterno, ou seja, no nascimento o individuo tanto contrai deveres e obrigações e até transmissão do nome, quer do pai quer da mãe. Na filiação patrilinear, como acontece com os Muçulmanos, a descendência é feita apenas através dos homens de geração para geração, o que origina que a

Antropologia Geral II 1

mãe perca a pertença do filho para os parentes do pai. Porexemplo as filhas pertencem ao grupo do pai e dão filhos ao grupo do marido (Héritier, 2000:98). Pelo contrário, a filiação matrilinear é feita exclusivamente pelas mulheres, o ego pertence ao grupo materno mas dá filhos ao grupo da sua esposa e o papel de pai social é desempenhado pelo irmão da mãe. A filiação bilinear ou dupla filiação reconhece o parentesco da mãe e do pai, mas com finalidadesdistintas. Um dos exemplos é os Ashanti do Gana, em que o pai transmite o espírito e a mãe transmite o sangue (Santos, 2001:159). Existem no entanto, outras duas regras de filiação quase inexistentes nas sociedades, a filiação alternada, em que a transmissão faz-se de pai para filha e de mãe para filho, e a filiação paralela em que se verifica o inverso, o pai transmite os deveres e normas ao...
tracking img