Parecer juridico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (817 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ASSESSORIA JURÍDICA



DA: ASSESSORIA JURÍDICA
PARA: ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA
ASSUNTO: PARECER SOBRE AUTO DE INFRAÇÃO POR AGENTE OU AUTORIDADE DE TRANSITO EM FÉRIAS, LICENÇA OU FOLGA.PARECER Nº / 2012


A Administração Pública consulta esta Assessoria Jurídica acerca do ato administrativo de auto de infração por agente ou autoridade de transito em férias, licença ou folga.
EstaAssessoria Jurídica tem como base para a referida análise os termos do art. 280 parágrafo 4º da LEI 9.503/97.
Art. 280. Ocorrendo infração prevista na legislação de trânsito,lavrar-se-á auto de infração, do qual constará:
(...)
§ 4º O agente da autoridade de trânsito competente para lavrar o auto de infração poderá ser servidor civil, estatutário ouceletista ou, ainda, policial militar designado pela autoridade de trânsito com jurisdição sobre a via no âmbito de sua competência.

Tendo que o ato administrativo, é umamanifestação de vontade funcional que pode gerar efeitos jurídicos, quando produzida no exercício de função pública, para que sua validação se confirme se faz necessário o exercício pleno ou seja semimpedimentos.
Estando o agente público de férias, licença ou folga está afastada a sua condição funcional, o mesmo passa ao status de mero cidadão comum.
Desta forma os atos administrativos praticados peloagente são nulos pois estando na condição acima enfatizada esta caracterizado o seu impedimento.
Segundo a doutrinadora Fernanda Marinela:
“É necessário, ainda, para a prática de um atoadministrativo, a análise da capacidade jurídica desse agente e do ente a que ele pertence, a quantidade de atribuições do órgão que o produziu, a competência do agente emanante e a inexistência de óbices à suaatuação no caso concreto, tais como afastamentos legais, impedimentos e outros. (grifamos)”
A dúvida se estabelece no tocante aos autos lavrados por policial militar por se entender que o mesmo no...
tracking img