Parasitologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3942 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de agosto de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Áreas de atuação - Parasitologia |
AMOSTRAS FECAIS Exame macroscópicoAs amostras de fezes não preservadas devem ser examinadas macroscopicamente para determinar a consistência, o odor, a cor, a presença ou ausência de sangue, de muco, de proglotes e de vermes adultos ou outras condições anormais. Consequentemente, o exame macroscópico deve sempre anteceder o exame microscópico. O material fecalvaria quanto a sua consistência, e geralmente é classificado em fezes formadas, semiformadas, pastosas ou líquidas diarreicas.Os trofozoítas são usualmente encontrados nas fezes líquidas, nas pastosas ou nas mucosanguinolentas, enquanto que os cistos são diagnosticados nas fezes formadas ou semiformadas. Ovos e larvas de helmintos podem estar presentes em todos os tipos de amostras fecais;entretanto, eles podem ser mais dificilmente encontrados em espécimes líquidos e, se presentes, em pequeno número. As formas móveis de protozoários se degeneram mais rapidamente do que as formas císticas; por esta razão, é de extrema importância que o estudo de espécimes fecais seja realizado o mais rápido possível. A consistência das fezes não interfere na distribuição dos ovos e das larvas dehelmintos, apesar de nas amostras líquidas haver uma distribuição relativa do número de ovos, devido ao fator de diluição. As fezes devem ser distribuídas no laboratório quanto a sua consistência. O material fecal líquido ou pastoso deve ser examinado primeiro, sendo seguido pelos espécimes semiformados e formados. Registrar a presença de sangue e muco nas amostras fecais, os quais podem indicarmanifestações patológicas do trato gastrointestinal. O sangue oculto nas fezes pode estar relacionado com uma infecção parasitária, ou ser um resultado de outras condições anormais (FIG. 1).A ingestão de diferentes produtos químicos, medicamentos ou alimentos pode atribuir às fezes colorações variadas. O exame macroscópico pode ser realizado pela simples observação ou pela tamização, as quais, em muitoscasos, são suficientes para estabelecer um diagnóstico final.Simples ObservaçãoExaminar e revolver todo o material fecal com bastão de vidro. Anotar todas as características observadas e coletar os vermes adultos ou proglótides de tênias dejetadas.FiG 1. Distribuição de cistos e trofozoitas em relação à consistência do material fecal.  TamisaçãoEmulsionar as fezes com água. Coar a emulsão através depeneira metálica. Este procedimento deve ser realizado em uma pia, servindo-se de um jato de água corrente. Vermes adultos como o Ascaris lumbricoides e Enterobius vermicularis são encontrados frequentemente misturados ou na superfície das fezes, como também as proglótides de tenias. Outros helmintos como o Trichiuris trichiura, ancilostomídeos e Hyminolepis nana são depositados no bolo fecal apóso início do tratamento. Frequentemente poderão ser encontrados helmintos adultos nas amostras fecais e ausência dos ovos. Esses processos macroscópicos são vantajosos para a demonstração e coleta de pequenos helmintos, de proglotes e de escólices.Identificação de Proglótides de TaeniaDois métodos são indicados para a identificação de proglótes de Taenia: o àcido acético e o de CAMPOS (AMATO NETO& CORREA, 1980).Método do Ácido Acético Glacial: 1. Colocar em uma placa de Petri, contendo ácido acético glacial, a proglote a ser identificada, durante 15 a 20 minutos. 2. Após o período, comprimi-la entre lâminas. 3. Examinar sob iluminação intensa. Método de CAMPOS: 1. Dissolver três comprimidos de metoquina em 5 ml de água destilada-deionizada. 2. Mergulhar nesta solução, durante15 minutos, a proglote a ser identificada. 3. Após este período, comprimi-la entre lâminas. 4. Examinar sob iluminação intensa. Exame Microscópico O exame de esfregaço a fresco pelos métodos diretos é o método mais fácil e, talvez, o mais usado na rotina do laboratório, permitindo visualizar os estágios de diagnóstico dos protozoários (trofozoítas e cistos) e dos helmintos (ovos, larvas...
tracking img