Paraquedistas portugueses

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (684 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Paraquedistas Portugueses
Reportagem Por Hugo Santos

Quem são estes militares Portugueses?

1955 - 232 voluntários, oficiais,  sargentos  e  praças, frequentam em Alcantarilla (Espanha)o curso de pára-quedismo (22º Curso Básico de Paracaidismo), dos quais 192 terminam com aproveitamento.

192 pára-quedistas portugueses efectuam o  seu  primeiro  salto de pára-quedas. Este núcleo inicialregressa e fica aquartelado, até ao fim do ano, nas instalações do Campo de Tiro da Serra da Carregueira.

É entregue o Guião à primeira Unidade de Pára-quedistas, em Lisboa, na Praça Marquês dePombal.

De  acordo  com  o art. 20  do Decreto-Lei nº 40395 (Regulamento para a Organização,  Recrutamento  e  Serviço  das  Tropas  Pára-quedistas)   é  autorizado,  pela  primeira  vez  na  história  dos  uniformes  das   Forças Armadas Portuguesas, o uso de uma boina como cobertura de cabeça. As tropas pára-quedistas usam a Boina Verde.
1956 - É criado o Batalhão de Caçadores Pára-quedistas -BCP, com sede em Tancos e dependente da recém criada Força Aérea Portuguesa.
A Boina Verde

Embora em 1952 tenha sido publicada legislação que previa a eventualidade de poderem ser integradas nasforças aéreas em operações, fazendo ou não organicamente parte delas, unidades de pára-quedistas, só em 1955 foram criadas  as Tropas Pára-quedistas.
Com efeito, em 23 de Novembro de 1955. foipublicado o Decreto-Lei nº 40394 que, na dependência do Subsecretário de Estado da Aeronáutica, em ligação com o Ministério  do Exército, organizava junto de uma das bases aéreas um centro de formação  e treino de caçadores pára-quedistas, integrando as unidades de tropas desta especialidade cuja constituição fosse determinada pelas circunstâncias. Na mesma data o Decreto-Lei n° 40395 regulava  aOrganização, Recrutamento e Serviço das Tropas Pára-quedistas, criando assim o Batalhão  de Caçadores Pára-quedistas. O artigo 20º deste Decreto-Lei determinou, pela primeira vez em Portugal (4),  o...
tracking img