Parada lecal

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (271 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
ANÁLISE TEMÁTICA

Tema:
Argumentação no direito


Problema:
Qual a natureza e como se operacionaliza a argumentação no direito levando-se em conta a atuação do advogado, dojuiz e do promotor público?


Tese:
A argumentação no direito é dinâmica, instável e não está baseada no argumento correto ou incorreto, mas no argumento predominante. O advogadoargumenta, a favor de seu cliente, pretendendo convencer e persuadir dentro de princípios éticos e profissionais; o juiz argumenta prolatando sua decisão fundada em fatos e Direito; orepresentante do ministério público argumenta na condição de fiscal da lei e como parte integrante da relação processual.


Raciocínio:
O advogado pratica atos perlocutórios paraconvencer o juiz levando em conta dois aspectos: congruência entre o direito postulado, a doutrina, a jurisprudência e os princípios gerais do direito e a construção da argumentação quese baseia, segundo Emediato (2004) em afirmação, posicionamento, problematização, formulação dos argumentos e a conclusão.
A decisão do juiz é imparcial. Sustenta o desfecho processualapresentando seu juízo de valor com base nas provas que compõem o processo e nos argumentos das partes litigantes, ponderando discursos antagônicos e no direito material e processual.A narrativa que expressa a decisão é clara, lógica, concisa, coerente e sem adjetivação.
O representante do Ministério Público precisa fundamentar sua denúncia quando atua comofiscal da lei, representando a sociedade e como parte integrante na relação processual. Em ambos os casos é necessário uma linha argumentativa que convença o magistrado para que a denúnciaseja recebida.


Ideias Secundárias:
- Teoria tridimensional do direito defendida por M. Reale (Fato, Valor, Norma)
- Funções constitucionais do juiz, do advogado e do MP.
tracking img