Para a empresa admitir seus empregados, faz-se necessário o cumprimento de formalidades le-gais, das quais destacamos a obrigatoriedade da apresentação de documentos necessários à identificação do empregado, bem como

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2798 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE ANHANGUERA UNIDERP

CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

DESAFIO DE APREENDISSAGEM DE RESPONSABILIDADE SOCIAL E MEIO AMBIENTE

Macapá
2011

Universidade Anhanguera-UNIDERP
Curso: Tecnologiaem Recursos Humanos
Disciplina:Possessos Gerenciais
Turma : n20 bimestre 3°
Professor EAD:Ma. Adriana Amaral Flores Salles
Professor Presencial: Marcos Antônio Pantoja de OliveiraAlunas/RA
Gilmaria santos da silva -347473
MicheleBarbosaFigueiredo-346802
Patrícia Serra de Mendonça Vales-344879

DESAFIO DE APRENDIZAGEM DE RESPONSABILIDADE SOCIAL E MEIO AMBIENTE

Macapá
2011

1. INTRODUÇÃO
1. SUSTENTABILIDADE
Sustentabilidade pode ser entendida como o uso dos recursos naturais hoje, sem deixar faltar para as gerações futuras, o problema do sistema desaúde publica tem capacidade para “furar” esse conceito. Isso porque o reestabelecimento da saúde exige uso de medicamentos e eles, por sua vez, são produzidos a partir de recursos retirados da natureza. Indústrias farmacêuticas encontram a maioria das substâncias ou princípios ativos nas florestas. Portanto para se atingir a sustentabilidade é preciso promover o desenvolvimento sustentável, o qualsignifica obter o necessáriodesenvolvimento econômico, garantindo o equilíbrio ecológico. Para que isso aconteça é necessário um Planejamento Ambiental, que corresponde a planificação de ações com vistas a recuperar, preservar, controlare conservar o meio ambiente natural de determinada região, que envolve um estudo detalhado e preciso do meio físico, biótico e sócio- econômico da região.2. SANEAMENTO AMBIENTAL
Saneamento ambiental é o conjunto de ações socioeconômicas que tem por objetivo alcançar um meio ambiente menos degradado, por meio de abastecimento de água potável, coleta, tratamento e disposição sanitária de resíduos sólidos, líquidos e gasosos, promoção da disciplina sanitária do uso do solo, drenagem urbana, controle de doenças transmissíveis e demais serviços eobras especializadas, com a finalidade de proteger e melhorar as condições de vida rural e urbana.
3. POLITICA NACIONAL DE RESIDUOS SÓLIDOS E URBANOS
A politica nacional de meio ambiente é de relevância contribuição por que está focada na manutenção do equilíbrio ecológico e garantindo sua proteção, já que são de uso coletivo. Assim esta lei deve ser aplicada visando apreservação de ecossistemas, recuperação de áreas degradadas, controle de atividades poluidoras do ar, água, solo e subsolo.

Um dos objetivos desta politica é de que exista compatibilidade entre o desenvolvimento econômico-social e a manutenção ambiental. Cabe ao governo a definição de áreas prioritárias de ações para que se atinja esta meta, além de definir critérios, padrões e normas para o manejode recursos naturais e fomentar o desenvolvimento de pesquisas e tecnologia nacionais para essefim.
A Politica Nacional de Resíduos Sólidos contém princípios importantes, como a adoção da logística reversa, que envolve na destinação dos resíduos toda cadeia do lixo (fabricantes, comerciantes, consumidores e o governo); os incentivos a reciclagem e as cooperativas de catadores de lixo, entreoutros.
Desenvolver projetos que envolvam a comunidade, mostrando que cada um é responsável pelo lugar e pelas coisas que possui é o segundo passo. Cada um, cuidando do seu próprio ambiente é o começo para um mundo sustentável, ou seja, cada um fazendo a sua parte. Colaboração, essa palavra é essencial para a realização de uma ideia sustentável.
4. SANEAMENTO BÁSICO E SUAAPLICAÇÃO NA POLITICA MUNICIPAL DE RESIDUOS

No Município de Macapá, diariamente, são despejados pelos caminhões da prefeitura na lixeira pública entre lixo domiciliar, industrial e hospitalar cerca de 250 toneladas de lixo. A lixeira pública instalada na quilometro 04 da BR-156 é a céu aberto e não é a primeira da cidade. O antigo vazadouro de lixo ficava também no quilometro 04, mas teve que...
tracking img