Paper uniasselvi solo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2489 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A CONTAMINAÇÃO DO SOLO E SUA PRESERVAÇÃO

Aluno



Professor
Centro Universitário Leonardo da Vinci - UNIASSELVI
Licenciatura em Ciências Biológicas (BID0151) – Prática do Módulo III
03/07/12



RESUMO



O presente trabalho tem como objetivo tratar de um assunto extremamente preocupante a poluição do solo, mas também aponta alguns meios de conservação do mesmo, sendo essesmétodos mais voltados para a agricultura. Demonstra também conceitos de três tipos de solo: solo arenoso, solo argiloso e solo fértil. Após conhecer um pouco mais do assunto reconhecemos a importância de preservar esse bem natural tão precioso e indispensável que é o solo.






Palavras-chave: Solo. Conservação. Poluição.




1 INTRODUÇÃO


O solo, também chamado de terra, éfundamental para a vida de todos os seres vivos do nosso planeta. Ele é o resultado da ação conjunta de agentes externos: chuva, vento, umidade, etc. , enriquecidos com matéria orgânica (restos de animais e plantas). O solo é a camada mais fina da crosta terrestre e se localiza na superfície externa.


Primeiramente se abordará a poluição do solo, ocasionado pelo lixo, produtos químicos edesmatamento. Num segundo momento a conservação do solo por meios como sistema de plantio direto, curvas de nível, mobilização mínima do solo, cobertura permanente do solo e diversificação de espécies. Por último os tipos de solos, solo argiloso, solo arenoso e solo fértil.


2 POLUIÇÃO DO SOLO

A poluição do solo tem como principal causa o uso de produtos químicos na agricultura chamados deagrotóxicos. Eles são usados para destruir pragas e até ajudam na produção, mas causam muitos danos ao meio ambiente, alterando o equilíbrio do solo. É, mas não são apenas os agrotóxicos que poluem os solos. Existem outros responsáveis que causam muitos problemas ao solo. A poluição do solo pode ser de duas origens: urbana e agrícola.




2.1 LIXO

Com as grandes aglomeraçõeshumanas, o crescimento das cidades, o desenvolvimento das indústrias e da tecnologia, cada vez mais se produz resíduos (lixo) que se acumulam no meio ambiente.


Hoje, além do lixo orgânico, que é naturalmente decomposto, reciclado e "devolvido" ao ambiente, há o lixo industrial eletrônico, o lixo hospitalar, as embalagens de papel e de plástico, garrafas, latas etc. que, na maioria das vezes,não são biodegradáveis, isto é, não são decompostos por seres vivos e se acumulam na natureza.


O material orgânico que sofre a ação dos decompositores - como é o caso dos restos de alimentos - ao ser decompostos, forma o chorume. Esse caldo escuro e ácido se infiltra no solo. Quando em excesso, esse líquido pode atingir as águas do subsolo (os lençóis freáticos) e, por consequênciacontaminar as águas de poços e nascentes.



2.2 A POLUIÇÃO DO SOLO POR PRODUTOS QUÍMICOS

A poluição do solo também pode ser ocasionada por produtos químicos lançados nele sem os devidos cuidados. Isso ocorre, muitas vezes, quando as indústrias se desfazem do seu lixo químico. Algumas dessas substâncias químicas utilizadas na produção industrial são poluentes que se acumulam no solo. Deacordo com Ferrari (1985, p.111) :


A contaminação de alimentos, poluição de rios, erosão de solos e desertificação, intoxicação e morte de agricultores e extinção de espécies animais, são algumas das mais graves consequências da agricultura química industrial e do uso indiscriminado de agrotóxicos largamente estimulados nos últimos 25 anos.


Outro exemplo são ospesticidas aplicados nas lavouras e que podem, por seu acúmulo, saturar o solo. Os fertilizantes, embora industrializados para a utilização no solo, são em geral, tóxicos.


Nesse caso, uma alternativa possível pode ser, por exemplo, o processo de rotação de culturas, usando as plantas leguminosas; esse processo natural não satura o solo, é mais econômico que o uso de fertilizantes...
tracking img