Pao de queijo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1499 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO
DEPARTAMENTO DE TECNOLOGIA RURAL
BACHARELADO EM GASTRONOMIA E SEGURANÇA ALIMENTAR

O PÃO DE QUEIJO MINEIRO
João Guilherme Carvalho de Freitas

Recife/PE
2012

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO
DEPARTAMENTO DE TECNOLOGIA RURAL
BACHARELADO EM GASTRONOMIA E SEGURANÇA ALIMENTAR

O PÃO DE QUEIJO MINEIRO
João Guilherme Carvalho de FreitasTrabalho
Gastronomia

apresentado
e

ao

Segurança

Curso
Alimentar

de
da

UFRPE à disciplina de Cozinha brasileira II,
sob a orientação da Profa Irineide Carvalho,
como instrumento parcial de avaliação.

Recife/PE
2011

1. INTRODUÇÃO
A gastronomia de um povo é formada através de fatores culturais e ambientais.
Sendo assim, uma gastronomia rica não é aquela com váriosingredientes e preparações,
mas a forma como o homem usa a sua criatividade para fazer pratos para sua
alimentação com produtos e condições que muitas vezes são impostos é o que a
diferencia. Como exemplo dessa culinária há a cozinha brasileira, uma das mais
diversificadas do mundo. O Brasil possui uma gastronomia rica e variada, onde é
possível ver diferentes hábitos alimentares. Uma dessascozinhas é a mineira, cuja sua
tradição foi forjada pelas necessidades do povo e pelos momentos de fartura, como
também no contato com outras culturas e povos. Dentro dessa culinária tão rica,
podemos destacar um ícone da cozinha mineira, o pão de queijo, bolinho bastante
apreciado por todo Brasil e que também vem ganhado espaço no mundo.

2. ORIGEM DO PÃO DE QUEIJO

A origem do pão dequeijo é incerta e até mesmo se mistura com a origem da
culinária mineira, mas de acordo com estudos históricos, pode-se dizer que ela teve sua
criação por influência de fatores bastante importantes para a história do estado.

2.1. Produção do queijo mineiro e criação de receitas

A intensificação da pecuária no estado aumentou significativamente a produção de
leite da região. Além disso,outros insumos também sobravam nessa época de fartura
como os ovos, polvilho, açúcar, entre outros alimentos. Por conta dessa enorme
quantidade de insumos a pastelaria local cresceu e vários quitutes foram criados
principalmente feitos com o queijo produzido em Minas.
“Até o final do século XVIII, o queijo foi importado de outras regiões do país. No
cardápio do início do século XIX, os queijosapareciam citados à sobremesa,
acompanhando doces ou como complemento de ceias noturnas. No café da manhã,
acompanhavam farinha, café, ou angu com leite. A expansão do consumo de queijo em
Minas ocorreu como conseqüência da necessidade de se aproveitar o leite nos locais da
província onde se intensificava a pecuária.” (Sabores da tradição, p.128)

Os queijos que sobravam, perdiam água eacabavam curando, estes deram origem a
várias receitas. Além do pão de queijo, eram feitos quitutes e pratos como: o doce de
“bola de queijo”, queijadas, bolos, pudins, biscoitos, arroz com queijo na panela de
pedra, empadinha de queijo, arroz da serra ou montanhês, entre outras receitas.

2.2. O pão de queijo

Essa receita típica do estado de Minas Gerais possui várias versões sobre suaorigem.
Mas é certo que o pão de queijo se popularizou no Brasil a partir da década de 1960. O
pãozinho bastante apreciado é formado por elementos que caracterizam a diversidade
étnica do Brasil. Com ingredientes de origem indígena, portuguesa, técnicas da
pastelaria lusitana e as mãos hábeis das negras africanas, foi criado esse quitute, sempre
presente

na

mesa

dos

mineiros.“Estudos dizem que o pão de queijo surgiu na época dos escravos. A mandioca era o
pão do índio brasileiro. O ovo e o leite é uma herança dos portugueses, que com o com
o polvilho, reinventaram o pão de queijo. Há outros indícios de que a receita tenha
aparecido nas fazendas de Minas , quando as cozinheiras preparavam para servir seus
senhores, na época em que havia grande oferta de leite, ovos e...
tracking img