Panorama sobre o livro de i samuel

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1511 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
I SAMUEL



O quadro histórico

Dez séculos antes da era cristã. Mais de quatrocentos anos são decorridos desde a conquista de Canaã sob Josué. Etapa sombria em que Israel se afasta de Deus para adorar os ídolos, entrecortada por curtos períodos, luminosos em que Israel volta ao Senhor, sob a influência de instrumentos usados por Deus como Otniel, Eúde, Baraque, Débora, Gideão ou Jefté(confira Hebreus 11:32).





O relato ao primeiro livro de Samuel inscreve-se no quadro da última declaração do livro dos Juízes: “Naqueles dias não havia rei em Israel; cada um fazia o que achava mais reto” (Juízes 21:25). Efetivamente, desordem, anarquia e esquecimento de Deus caracterizaram o tempo em que Ana, futura mãe do profeta, dirigiu-se à casa do Senhor para pedir-Lhe que lhedesse um filho.





A personalidade de Samuel

Como indica seu nome em hebraico, “Deus respondeu” (confira 1:20), Samuel nasceu em resposta à oração. Entregue ao Senhor por todos os dias de sua vida (1:28), ele foi o instrumento de que Deus precisava em uma época de falta de moral e declínio do sacerdócio. Chamado a denunciar a desordem que reinava na família do sacerdote Eli, Samuelapresentou-se a Israel, ao mesmo tempo, como o último dos juízes (cap. 7:15-17) e o primeiro dos profetas (cap. 9:9).





O sacerdote em exercício não era mais digno de representar o Senhor, mas Deus não fica sem testemunha diante de Seu povo; caberá a Samuel assegurar a transição entre o ministério sacerdotal e as funções da realeza. O profeta prestará seu testemunho por ocasião do trágicofim da família de Eli (4:10-22), depois viverá bastante tempo para ter um papel decisivo durante todo o reino de Saul (cap. 8-15) e o começo da carreira de Davi.





O autor dos dois livros

O texto sagrado fixa a época da morte de Samuel (cap. 25:1). Foi bem antes de Davi ser aclamado rei. Os dois livros de Samuel não podem, pois, ter sido redigidos em sua totalidade pelo profeta.Aliás, a Escritura considera Samuel como o primeiro de uma série de profetas: “Todos os profetas, a começar com Samuel, assim como todos quantos depois falaram…” (Atos 3:24). É provável que ele tenha começado a redação deste texto e que um ou muitos outros desconhecidos tenham sido chamados depois dele, sob o mesmo impulso do Espírito Santo (2 Pedro 1:21).





As três grandesseções em 1 Samuel

Três divisões principais notam-se neste livro:

1 – Samuel, juiz fiel, no tempo de Eli, sacerdote infiel, cap. 1-7.
2 – Saul, rei ambicioso, no tempo de Samuel, profeta humilde, cap. 8-15.
3 – Davi, servo íntegro rejeitado pelos homens, no tempo de Saul, rei desobediente rejeitado por Deus, cap. 16-31.





O declínio do sacerdócio (cap. 1-7)

No tempo dosacerdote Eli, explica o texto, a Palavra do Senhor era mui rara (3:1): homens que deveriam ouvi-la não eram mais dignos de recebê-la, e ainda menos de proclamá-la. Samuel, porém, desde a infância estivera pronto a escutá-la (3:10). Eis porque o Senhor quis revelar-Se a ele (3:21); todo Israel o reconheceu (3:20;4:1).





Justamente neste instante a arca da aliança foi tomada pelos filisteus eabateu-se sobre toda a nação o sinistro “Icabode” (Foi-se a glória de Israel, cap. 4). Contudo, o poder divino agiu miraculosamente sobre os filisteus, constrangendo-os a devolver a arca a seus legítimos possuidores (cap. 5-7). E durante todo esse período obscuro, Samuel teve, sozinho, a responsabilidade da mensagem de Deus (7:15-17), esperando a nova missão da qual seria encarregado.O reino de Saul (cap. 8-15)

O profeta foi efetivamente chamado a ungir um rei sobre Israel. O advento da monarquia marcou uma nova fase na história do povo eleito, a qual se prolongou durante mais de quatro séculos. Pedindo um rei, os israelitas rejeitaram o Senhor (cap. 8). Samuel os fez compreender isso. Depois Saul, filho de Quis, foi o homem designado (cap-9-10).





Enquanto...
tracking img