Palestra java

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2703 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
desenvolvimento deaplicações de aplicações envolvimento

WEB WEB

com com

Helder Rocha (hlsr@uol.com.br)

Objetivos

1 Apresentar a Linguagem Java

2 Exemplos de desenvolvimento Java 3 Ambientes de desenvolvimento
principais produtos

características, potencial, aplicações últimas novidades

uma applet simples uso de JDBC para acesso a BDs relacionais

Webs e Intranets comJava
A tecnologia Java é uma ótima solução para o desenvolvimento de aplicações distribuídas baseadas na arquitetura de Web. Vantagens:
interface uniforme funcionalidade superior à obtida com HTML + JavaScript + CGI independência de plataforma

Formas de implementação na Web
Applets: componentes simples (arquivos .class) JARs: Applets + JavaBeans: componentes
reutilizáveis, comprimidos,autenticáveis (arquivos .jar)

Comunicação e integração com ActiveX/DCOM

Aplicações Java
Há dois tipos básicos de aplicações Java:
componentes (applets/JARs) : aplicações que executam dentro de um browser aplicações standalone : aplicações que rodam independentes de browser (como qualquer outra aplicação do desktop)

Aplicações Java rodam em qualquer lugar
dependem apenas da existência de umemulador de máquina Java no sistema onde rodam (os browsers mais modernos têm emuladores embutidos)

Applets
Não confunda “Java”, a linguagem, com “Applets”, os componentes:
Applets são programas compilados para linguagem de máquina de um processador Java (*.class). Applets rodam no browser, que interpreta o código de máquina via emulador (Java Virtual Machine)

Usa-se HTML para incluirapplet em área de uma página e passar parâmetros:


Java Beans
Arquitetura de componentes implementada na API Java
propriedades, introspecção, eventos plugáveis controle de versões certificados de segurança comunicação entre applets e outros componentes

Para criar um bean, basta seguir algumas convenções Na Web, beans devem ser distribuídos em JARs
Formato tipo ZIP, com meta-informaçãoMeta-informação do bean define versões, segurança, etc.
.class

.jar

O que NÃO é Java
JavaScript NÃO É a mesma coisa que Java! JavaScript é uma linguagem de roteiro (script), de propriedade da Netscape Código-fonte JavaScript é embutido no HTML e interpretado linha-por-linha pelo browser.
Não se inclui Java em uma página, se carrega uma applet ou componente

JavaScript estende ascapacidades limitadas do HTML
manipula elementos HTML como objetos interage com applets (JavaScript 1.1 e 1.2)

O que NÃO é Java
Java não é comparável a ActiveX ActiveX sequer é uma linguagem…
Componentes ActiveX podem ser implementados em C++, Visual Basic e até Java!

ActiveX é uma arquitetura de componentes (é a mesma coisa que OLE!)
Não faz sentido comparar ActiveX com linguagem Java Fazsentido comparar ActiveX com a tecnologia Java (applets, Java Beans)

É um padrão aberto: http://www.activex.org Suportado pelo MSIE 3.x, 4.x e Netscape 4.x

Aplicações “standalone”
Java pode ser usada para desenvolver aplicações independentes de browser. Vantagens: Distribuição de software
distribuição de único pacote para instalação/execução em múltiplas plataformas instalação traduz códigoJava para código nativo acesso a bibliotecas nativas via métodos ou diretamente (API Win32s através do J/Direct)

Interpretação eficiente de código de máquina Java com JIT compiler agiliza desenvolvimento

O que muda com Java
Conseqüências da filosofia de Java na engenharia de software:
maior importância da aplicação sobre o SO formas mais eficientes de distribuição de software atualizaçãodinâmica simplificada desenvolvimento multiplataforma
pode-se desenvolver em Sun para rodar em Macintosh, Windows, etc.

Java já nasceu adaptada a padrões emergentes
suporte a Unicode (tipo char de 16 bits) tratamento nativo de URLs

A linguagem Java
Java não é somente outra sigla qualquer (Just Another Vague Acronym) Java é uma linguagem de programação com sintaxe semelhante a de C,...
tracking img