Palacio monroe

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1373 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O Palácio Monroe foi um importante edifício que entre 1906 e 1976 reinou absoluto como uma das mais belas e imponentes construções da Cinelândia, região central do Rio de Janeiro. Sua história começa em 1903, quando o Brasil se preparava para participar da Exposição de Saint-Louis, nos Estados Unidos, que aconteceria no ano seguinte. A obra seria o Pavilhão do Brasil no evento, devendo enquantotal “ter aproveitada toda a estrutura, de modo a poder-se reconstruí- lo nesta Capital”, conforme exigia a cláusula 1ª do Aviso nº 148, datada de 3 de julho de 1903. A obra foi concebida pelo então arquiteto e engenheiro militar, o Coronel Francisco Construída Marcelino de Souza Aguiar. metálica

com uma estrutura

desmontável, a obra foi erguida e exposta em Saint-Louis, como previsto. Suabeleza logo conquistou a imprensa norte-americana, que destacou sua harmonia de linhas e qualidade do espaço. Tanto chamou a atenção no evento, que acabou premiada com a medalha de outro no Grande Prêmio de Arquitetura, o maior do gênero naquela época. Foi o primeiro reconhecimento internacional de uma obra arquitetônica brasileira. Os prêmios e elogios conferiam orgulho a então capital do Brasil,que naquele início de século esforçava-se para mudar sua imagem de capital suja, caótica, violenta e desordenada, até então predominante no imaginário internacional. Com a ajuda do prefeito da cidade Pereira Passos, o então presidente (1902-1906) do Brasil, Rodrigues Alves, estava empenhado no projeto de modernização da capital, o que incluiria sua urbanização e higienização completa. Becos foramdemolidos, ruas alargadas e prédios levantados. Tudo isso fazia parte da montagem do imaginário da República brasileira. De acordo com o historiador José Murilo de Carvalho, “a elaboração de um imaginário é parte integrante da legitimação de qualquer regime político. É por meio do imaginário que se podem atingir não só a cabeça, mas de modo especial, o coração, isto é, as aspirações, os medos e as esperanças de um povo. É nele que as sociedades definem suas identidades e objetivos, definem seus inimigos, organizam seu passado, presente e futuro.” Na ocasião da entrega das medalhas e diplomas Conferidos aos Espositores Brasileiros em Saint- Louis, o político brasileiro Alcindo Guanabara declarou: “Esta festa é ainda a solenização de um princípio político vitorioso. A República havia, écerto, triunfado das agitações e das lutas intestinais; havia, com muito maior facilidade do que a Regência, dominado a desordem nos espíritos, tantas vezes traduzida em movimentos armados; havia saído vitoriosa da prova dificílima da reorganização financeira, graças à dedicação sobre sua capacidade para gerir os destinos desta grande nação e encaminhar o seu povo para a prosperidade, para agrandeza, para o regresso que a parte do globo que ele habita lhe impõe, essa, a República só a deu na Exposição de São Luiz. Foi um prodígio e uma maravilha para o Brasil essa exposição.” O Palácio brasileiro apresentado em Saint Luis, em breve, faria parte significativa do imaginário brasileiro. Desmontado após o evento nos EUA, a estrutura foi trazida para o Brasil e montada na capital, a fim de sedira Terceira Conferência PanAmericana. Seguindo sugestão de Joaquim Nabuco – jurista e diplomata brasileiro – o ministro das relações exteriores do páis, o Barão do Rio Branco, propôs que o Palácio de Saint-Louis fosse dado o nome de Palácio Monroe, uma homenagem ao presidente norteamericano James Monroe, criador do Pan-americanismo. O nome pegou e a construção foi erguida na região da cinelândia,coração do Rio de Janeiro. Em sua inauguração, a cidade viveu momentos festivos, recebendo, inclusive, a vistia do presidente americano Theodore Roosevelt. Até 1914, o Palácio Monroe foi apenas um Pavilhão de Exposição. Mas a partir deste ano, ele ganha uma função mais importante: passa a ser a sede provisória da Câmara dos Deputados, enquanto o Palácio Tiradentes era construído. Em 1922, com o...
tracking img