Paises hispano-americanos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1312 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Centro Educacional SESI – 421
JULIA PITON PAVAN – 16



Trabalho de História
Países Hispano-Americanos







Campinas – São Paulo
2012
Centro Educacional SESI – 421
JULIA PITON PAVAN – 16



Trabalho de História
Países Hispano-Americanos


Trabalho apresentado a
disciplina de
História, no Centro Educacional
SESI 421,Professora Rosângela,
2º ano do Ensino Médio .



Campinas – São Paulo
2012
Sumário
Introdução 4
A América Espahola 5
Colonização da América Espanhola 5
Sociedade 6
Economia Hispânica 7
Adiministração Politica 8
Conclusão 9
Bibliografia 10

Introdução

Em meu trabalho apresentarei a organização dos países hispano-americanos em relação a politica, sociedade e economia. Desde a colonização até a formação da América Espanhola.

A América Espanhola
O termo américa espanhola, ou também conhecida como Hispano-américa se refere ás partes da américa colonizadas por espanhóis. Incluindo os países da América do Norte, central e sul, que hoje tem a língua espanhola como idioma oficial.
A américa hispânica integra 19 nações, e distingue-se por não incluir as naçõesamericanas francófonas e lusófonas e da libero-América por não incluir as nações ibéricas e suas ex-colônias da América não hispanófonas.

Colonização da América Espanhola

A Espanha usavam as colônias apenas para a exploração, ou seja, era uma metrópole mercantilista. Assim as colonizações só tinham sentido se as colônias pudessem fornecer produtos lucrativos, assim a maioria das colôniasespanholas foram especiais para a exploração e dependiam das regras impostas pela metrópole.
Para que houvesse a colonização espanhola na América houve a mineração , que foi uma fator muito importante para que haja isso. Então a Espanha tinha como base da economia as riquezas que provinham da Bolívia, especialmente, e foi esta atividade que foi responsável pelo crescimento de outras áreas como aagricultura e a criação de gados.

Sociedade Hispano-América

Após garantir a conquista sobre as terras e populações americanas, os espanhóis fizeram muitas práticas que reformaram a feição das relações sociais do espaço americano colonizado.
A sociedade espanhola funcionava diante de classificações. O nascimento era um meio de distinção muito importante. Por exemplo, se a pessoas eranascida e criada na Europa ou no Novo mundo abriria caminho para muitos privilégios, como estabelecer outro campo de restrições que ordenava a posição dos homens em determinado lugar.
Mas também devemos considerar as questões da propriedade de terras e exploração do trabalho. Para que se tenha direito a uma propriedade é preciso que o controle metropolitano o conceda , tal propriedade garantia umacondição mais confortável em relação a economia, e além disso garantia a exploração da mão de obra daqueles que eram desprovidos dessa autonomia. Observamos assim que a escravidão também aparecia nessa sociedade.
Haviam aqueles que ocupavam a mais privilegiada posição na sociedade hispânica, eram os Chapetones, esse representavam o interesse da Coroa Espanhola em relação a administração politica eeconomia. Além de serem o braço direito da Coroa eles estavam entre os principais cargos políticos, controlavam o fluxo de pessoas e embarcações, e controlavam as taxas. Para assumir esse cargo era preciso que a pessoa tivesse nascido na Espanha.Após os Chapetonos , há o papel social exercido pelos filhos dessa mesma elite.
Abaixo dos filhos dos Chapetones encontram-se os crioulos, que viviam emuma condição econômica abastada. Eles podiam praticar o comércio, além de deter a propriedade de terras e a exploração do trabalho. Mas esses indivíduos não podiam participar das instituições administrativas.
No intermédio desta hierarquia haviam os mestiços, que eram as misturas dos europeus com os índios ( que compunham grande parte da sociedade). Esses viviam margeando a politica colonial,...
tracking img