Painpse

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3527 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ESTUDO DA PERDA AUDITIVA INDUZIDA POR NÍVEIS DE PRESSÃO SONORA ELEVADOS EM UM GRUPO DE TRABALHADORES DA CONSTRUÇÃO CIVIL DE UBERLÂNDIA MG
Paulo Cesar Marcolino1 Dr. Cleber de Freitas2

RESUMO O presente trabalho é constituído pela análise de quarenta e nove exames audiométricos realizados em trabalhadores da construção civil de Uberlândia – MG entre os dias 18 e 20 de Outubro de 2011, segundoos critérios estabelecidos pela Portaria nº 19, de 9 de Abril de 1998, da Secretaria de Segurança e Saúde no Trabalho – SSST/MTb, onde foi observado dentre os referidos exames que 30,6% dos trabalhadores apresentaram sugestivamente algum grau de Perda Auditiva Induzida por Níveis de Pressão Sonora Elevados – PAINPSE. Chamam atenção os dados obtidos dentro da faixa etária dos funcionários maisjovens, entre 18 e 24 anos, com indícios de início de desencadeamento de PAINPSE, mesmo que em grau leve, o que mostra a obrigatoriedade das empresas em proporcionar um Programa de Prevenção da Perda Auditiva- PPPA, adequado para seus funcionários. Palavras-chave: Ruído; Perda Auditiva; PAINPSE.

1

Aluno da Turma X do Curso de Especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho da FaculdadePitágoras de Uberlândia. Graduado no curso de Engenharia Elétrica pela Faculdade Politécnica de Uberlândia. E-mail: marcolino.pc@hotmail.com.br 2 Professor Orientador, Médico Otorrinolaringologista, Médico do Trabalho/AMB/ANAMT, mestrado em ruído industrial e professor do Curso de Especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho da Faculdade Pitágoras, Coordenador do Ambulatório de PróteseAuditiva da Universidade Federal de Uberlândia–MG. E-mail: freitasde@yahoo.com.br

2

1. Introdução O som é definido como qualquer perturbação vibratória em meio elástico que produza sensação auditiva (MERLUZZI, 1981). O ruído é um sinal acústico aperiódico, originado por vários movimentos de vibração de diferentes frequências que não apresentam relação entre si (FELDMAN; GRIMES, 1985). “Portantodo ponto de vista da física acústica, pode-se dizer que o ruído é englobado pelo som, porém a distinção entre ambos é que o som nos é relacionado por sensações de prazer, já o ruído nos causa sensação de desconforto.” A conferência das Nações Unidas sobre o Ambiente e o Desenvolvimento, realizada no Rio de Janeiro em 1992, também conhecida como ECO 92, ressaltou que a poluição sonora é a terceiraprincipal causa de poluição ambiental no mundo ficando atrás somente da poluição do ar e das águas. Conforme, SCHOCHAT, DIAS & MOREIRA (1998) citam a PAINPSE, como a maior causa de déficit auditivo, apresentado pela população mundial. A Perda Auditiva Induzida por Nível de Pressão Sonora Elevada – PAINPSE provoca “morte lenta e gradual das células ciliares do órgão de Corti da orelha interna(cóclea), zumbidos e distorções sonoras” (FERREIRA JUNIOR, 1998). (Figuras 1, 2 e 3).

Figura 1: anatomia da orelha humana

Fonte: WWW.medicinageriatrica.com.br/2007/06/07/anatomia-do-ouvido-humano

3

Estima-se que cerca de 25% da população trabalhadora exposta (CARNICELLI, 1988; MORATA, 1990; PRÓSPERO, 1999) seja portadora de PAINPSE em algum grau. Figura 2: Cóclea da orelha humana

Fonte:WWW.afh.bio.br/sentidos/Sentidos3.ASP

As principais características da PAINPSE, segundo VIEIRA (1999), são: perda auditiva irreversível, porém, na medida em que os limiares auditivos pioram, a progressão diminui; a instalação e a progressão estão em função do tempo e da frequência de exposição ao ruído, além da susceptibilidade individual para perdas auditivas. Figura 3: Células ciliadas doórgão de Corti da orelha humana

Fonte: WWW.afh.bio.br/sentidos/Sentidos3.ASP

4

O presente trabalho tem como objetivo geral conhecer o perfil audiométrico de uma população de quarenta e nove trabalhadores de uma empresa da construção civil de Uberlândia- MG através de exames audiométricos realizados e especificamente estratificar os dados obtidos por faixa etária, conhecer sua evolução...
tracking img