Padagogia do amor

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1461 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
1 – INTRODUÇÃO

O presente trabalho tem como objetivo abordar uma temática pedagógica que vai além da disciplina, que desenvolve as diferentes áreas do conhecimento, um conhecimento acerca da temática do amor, partindo do principio de que a sabedoria nasce de dentro, neste sentido o amor pode ser um fator preponderante para esse desenvolvimento.
O amor pode ser definido como uma formade libertação, o conhecimento é adquirido através do dialogo, uma relação de amor pode ser muito mais proveitosa e estruturada através do amor, um dado muito importante para fundamentar pedagogia, segundo Freire, elemento fundamental para a libertação, o amor deixa livre e sem medo, com a mente aberta para qualquer área do conhecimento.
Neste caso os educandos, que são pessoas de convíviodiário e permanente, serão muito aceitos e assim como muito acesso ao seu educador, tornando essa relação mais próxima sendo assim, muito mais proveitosa.
O amor é incondicional, solidário, as com tudo não pode ser considerado gratuito e generoso, uma característica primordial para a educação, sobre isso afirma Freire:

O amor é uma tarefa do sujeito. É falso dizer que oamor não espera retribuições. O amor é uma intercomunicação intima de duas pessoas que se respeitam. Cada um tem o outro, como sujeito de seu amor. Não se trata de apropriar-se do outro. (FREIRE, 1979, p. 15).

Ou seja, ao interpretar o que diz o autor, o fato de que ao se amar, se espera algo em troca, é justamente dessa troca que revela o autor a importância participativa do amor napedagogia, ao sentirmos o amor, queremos nos comunicar, o conhecimento se adquire através da comunicação.
Outro elemento importante é a inapropriação do outro, ou seja, a pessoa amada não é posse do outro, mas parte dele, uma pessoa que se considera posse de outrem se torna oprimida, sujeita as vontades alheias e assim sem sua liberdade.
Um exemplo que pode se citado é na sala de aula,um educador amoroso se satisfaz com seu objetivo de ensinar alcançado, essa é a troca que acontece nessa relação de amor.

1.1 – PROBLEMA

Os problemas apresentados por este instituto são muitos, mesmo porque a relação de ensino esta muito afetada pela violência, maus tratos, descaso da sociedade e até mesmo do poder público, diante da educação brasileira, o que deve ser ressaltado é aessência profissional dos educadores, a essência de sua função já que já estão sendo massacrados em massa, por responsabilidades sociais, que não cabem somente ao educador, mais a sociedade em si, o educador não deixa de ter um papel importante, mas deve ser apoiado e negligentemente preparado para atuar corretamente sem causar danos a formação de seus educandos.
Quando falamos em amor,estamos ligando esse sentimento em todas as áreas de convívio humano, seja familiar, profissional, religioso e por que não educativo, educar também pode ser prazeroso, satisfatório e sentimental.

1.2 – HIPÓTESE

A problemática do amor nas relações educativas são infinitas mais ao mesmo tempo devem ser separadamente tratados, ao se falar em amor na área de ensino, não estamos falando emqualquer noção de amor, de caráter especial, com uma noção filosófica, na pedagogia pode ser ligada a noção de liberdade, uma forma de descoberta da pessoa amada sua valorização, consideramos muito mais o que ouvimos de uma pessoa amada, do que de qualquer outro.

1.3 – JUSTIFICATIVA

O referido trabalho será elaborado com o intuito de demonstrar a importância do amor na relação deensino, na seara pedagógica, não podemos negar que é imprescindível que o educador seja amado por seus alunos, seja admirado, seja considerado um exemplo.
O fato é que diante de tantas modernizações de uma juventude precoce, os jovens e crianças já não se esmeram mais em seus educadores, os conceitos e valores veem mudando cada vez mais, é preciso resgatar essa imagem, tornar o educador uma...
tracking img