Pacientes graves

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 131 (32531 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Avaliação do Estado Nutricional e Diagnóstico de Pacientes Enfermos Graves
Autora :

Cristina Martins. Nutricionista pela Universidade Federal do Paraná. Doutora em Ciências Médicas – Nefrologia
pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul; Mestre em Nutrição Clínica pela New York University; Dietista Registrada pela American Dietetic Association; Especialista em Nutrição Clínica pelaUniversidade Federal do Paraná; Especialista em Nutrição Renal pela American Dietetic Association; Especialista em Suporte Nutricional Enteral e Parenteral pela Sociedade Brasileira de Nutrição Parenteral e Enteral; Coordenadora do Setor de Nutrição da Clínica de Doenças Renais de Curitiba e da Fundação Pró-Renal Brasil; Diretora Geral da NUTRO Soluções Nutritivas e do Instituto Cristina Martins deEducação em Saúde.

Copyright© 2010 by Instituto Cristina Martins Projeto Gráfico e Diagramação: Valter Fila Todos os direitos reservados. É permitida uma (01) cópia impressa deste material exclusivamente para o aluno matriculado neste curso. Para solicitar materiais educativos e inscrever-se em outros cursos, entre em contato com: Instituto Cristina Martins. e-mail:instituto@institutocristinamartins.com.br Home-page: www.institutocristinamartins.com.br

Avaliação do Estado Nutricional e Diagnóstico de Pacientes Enfermos Graves
Cristina Martins

OBJETIVOS DE APRENDIZADO
Após a leitura deste capítulo, você deverá estar apto a: y Compreender as principais diferenças entre a resposta fisiológica ao estresse e ao jejum prolongado, sem a presença de injúria. y Citar as principais causas dasenfermidades encontradas nos pacientes graves. y Descrever a avaliação do nível de consciência dos pacientes graves. y Definir a condição hemodinâmica e os diferentes tipos de choque. y Descrever o sistema APACHE II, utilizado para a avaliação da gravidade das enfermidades. y Definir a Síndrome da Resposta Inflamatória Sistêmica (SIRS). y Reconhecer a Avaliação de Falência de Órgãos Relacionada à Sepse(SOFA). y Descrever os métodos de avaliação da injúria renal aguda. y Descrever as classificações das queimaduras. y Explicar, pelo menos, cinco fatores de risco nutricional de pacientes graves. y Citar, pelo menos, cinco componentes que podem fazer parte da história pertinente à nutrição de pacientes graves. y Identificar o Gráfico de Fezes de King para a avaliação e o acompanhamento dascaracterísticas da excreção fecal, importantes na história nutricional. y Descrever os princípios e as limitações do exame físico nutricional de pacientes graves. y Identificar as limitações das medidas antropométricas em pacientes graves. y Identificar as limitações das proteínas viscerais, como a albumina e a transferrina, na avaliação nutricional de pacientes graves. y Citar os principais exameslaboratoriais utilizados na avaliação metabólica de pacientes graves. y Descrever a excreção nitrogenada como ferramenta de avaliação do estresse metabólico de pacientes graves. y Definir a avaliação subjetiva global como método integrado de diagnóstico nutricional. y Reconhecer a estrutura da padronização dos diagnósticos nutricionais, que pode ser aplicada para pacientes graves.

3

PROBLEMATIZAÇÃO -ESTUDO DE CASO
J.D., sexo masculino, 33 anos de idade, foi internado na UTI devido a acidente de trabalho que envolveu explosão de caldeira. Queimaduras de segundo e terceiro graus em 31% do corpo, particularmente em tronco e braços. Injúria por inalação de fumaça. Dados obtidos da esposa: paciente previamente hígido, não fumante, usuário esporádico de bebidas alcoólicas, alimentação prévia normal,peso usual em torno de 94kg, estatura=169cm. Fraturas de costelas e de uma perna, além de trauma pancreático. Exame físico: torpor, desidratação, dificuldade respiratória, taquicardia, pressão arterial=100/70mmHg. Foi diagnosticado choque hipovolêmico. Exames laboratoriais sanguíneos iniciais: glicemia=210mg/dL, lipase=420U/L; amilase=375U/L, creatinina=1,4mg/dL, ureia=63mg/dL, TGO=49U/L,...
tracking img