Pabe – plano de acionamento e atuação da brigada de emergência

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3989 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
PABE – PLANO DE ACIONAMENTO E
ATUAÇÃO DA BRIGADA DE
EMERGÊNCIA

Código

DCG-SSMAQ.7.1.6.2 - 020
Data

25.09.2008

PABE
PLANO DE
ACIONAMENTO E
ATUAÇÃO DA
BRIGADA DE
EMERGÊNCIA
Quattor UN QB e PE / DCX
REVISÃO

MODIFICAÇÃO

DATA

0
1

Emissão Inicial
Revisão conforme solicitação do Subcomitê
de Análise de Risco.
Revisão do número de brigadistas de
emergência e item13.6 “Treinamento
Contínuo”.
Revisão anual
Revisão título no item 9.3 troca do nome
Riopol por Quattor UM QB e PP / DCX

30.03.2006
04.12.2007

2

3
4

05.12.2007

14.08.2008

1

PABE – PLANO DE ACIONAMENTO E
ATUAÇÃO DA BRIGADA DE
EMERGÊNCIA

1

Código

DCG-SSMAQ.7.1.6.2 - 020
Data

25.09.2008

OBJETIVO

O presente Plano tem por objetivo garantir o corretogerenciamento das emergências, a
formação, atuação e treinamento da Brigada de emergência da Quattor UN QB e PE / DCX
visando a máxima redução de risco de incêndio, explosão, na salvaguarda dos funcionários,
das instalações e da comunidade vizinha, em conformidade com a Norma Regulamentadora
NR-23 da legislação brasileira e do Decreto Lei 897/76 do COSCIP (Código de Segurança
Contra Incêndio).

2CAMPO DE APLICAÇÃO

Aplica-se a todas as operações e áreas da Quattor UN QB e PE / DCX.

3

EXECUTANTE

Gerências, Supervisores de Eteno e Polietileno (CGE – Coordenador Geral de Emergência),
Gestores de Contrato, Engenheiro de Segurança, Técnicos de Segurança, Líderes de
Brigada, participantes da Brigada de Emergência e Operadores.

4

REFERÊNCIAS

Lei 3.214 NormasRegulamentadoras
NR-23 Segurança Contra Incêndio
Decreto Lei 897/76 do COSCIP
Programa de Atendimento a Emergências da Riopol (PAE)
Circular 006 da Superintendência de Seguros Privados do Brasil (SUSEP)
POL.0002; Localizador SSMAQ.2.09.02; Política “Política de Segurança, Saúde e Meio
Ambiente”
REG.0001; Localizador SSMAQ.2.07.01; Regulamento “Gestão de Segurança”.
PGP.0001; Localizador SSMAQ.2.07.01;Padrão Gerencial de Processo “Gestão de
Segurança”.
REG.0001; Localizador SSMAQ.2.07.02; Regulamento “Gestão de Saúde Ocupacional”.
PGP.0001; Localizador SSMAQ.2.07.02; Padrão Gerencial de Processo “Gestão de Saúde
Ocupacional”.
PEM.0003 – Localizador 1.01.02; “Elementos de Gesta de Segurança, Saúde e Meio
Ambiente”
PGE – Localizador SSMAQ / DCG - 7.1.4 - 002; Plano Geral de Emergência.5

DEFINIÇÕES

Toda e qualquer definições de emergência e membros ou equipes estão indicados no item 5
do Plano Geral de Emergência localizador SSMAQ / DCG / 7.1.4 - 002.

2

PABE – PLANO DE ACIONAMENTO E
ATUAÇÃO DA BRIGADA DE
EMERGÊNCIA

6

Código

DCG-SSMAQ.7.1.6.2 - 020
Data

25.09.2008

SIGLAS E ABREVIATURAS
APELL-CE – Alerta para Preparação em Emergência a NívelLocal;
CAE – Central de Atendimento a Emergência;
CATRI – Centro de Tratamento de Resíduos Industriais;
CEM – Coordenador de Emergência (local)
COSCIP – Código de Segurança Contra Incêndio e Pânico;
EPI –m equipamento de Proteção Individual;
FISPQ – Ficha de Informações de Segurança do Produto químico;
GED – Gerenciador Eletrônico de Documentos;
GOPP – Grupamento de Operações com ProdutosPerigosos;
LC – Lide combate;
NR – Normas Regulamentadoras;
OSBL – Outside Batery Limit;
PAE – Programa de Atendimento em Emergência;
PAM-CE – Plano der Auxílio Mútuo de Campos Elíseos;
PE – Ponto de Encontro;
PEM – Procedimento Empresarial;
PGP – Padrão Gerencial de Processo;
POL – Política;
POP – Procedimento Operacional Padrão;
REG – Regulamento;
SSMA – Segurança, Saúde e Meio Ambiente;VE – Viatura de Emergência

7

RESPONSABILIDADES

7.1

COORDENADOR GERAL DE EMERGÊNCIA (CGE)

7.1.1 Desencadear os procedimentos para controle da emergência, acionando o Líder de
Brigada e a Brigada de Emergência;
7.1.1 Decidir sobre a parada de unidades industriais em razão da condição de emergência;
7.1.2 Decidir sobre a necessidade de evasão (Abandono) da unidade bem como do...
tracking img