Pólis grega

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1399 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
CIDADE CLÁSSICA: A PÓLIS GREGA

Localização

As polis Gregas da era clássica ficavam localizadas na Península Ibérica, de relevo e clima favorável ao desenvolvimento das civilizações, sendo as civilizações predominantes os povos Micênicos.
Como cidades que ganham mais destaque nas literaturas da história grega tem-se Esparta, Atenas, Corinto, Creta, Mileto, Éfeso entretantas outras.
Possui Relevo...
E Clima...

Surgimento

A literatura atual como “Economia e Sociedade da Grécia Antiga” de Austin & Vidal-Naquet (1970), aponta obscuros os registros do surgimento das polis por serem proveniente dos poemas homéricos. O mesmo autor enxerga como prova do começo das polis a evidência da colonização em territórios que imitavam suas metrópolesem vários aspectos.
As polis constitui-se primeiramente na Ásia Menor na Grécia da costa leste e central, nas ilhas do Egeu e em Creta. Sabe-se que depois do domínio do Dóricos, passado a Idade da Trevas, alguns povos Miscênicos se uniram para se protegerem próximo as antigas acrópoles da antiguidade.
O desenvolvimento da polis grega não foi exatamente idêntico em toda Grécia, mas deum modo geral, a cidade era o centro econômico, político e religioso da região que a cercava. As cidades-estados tinham governos independentes, fronteiras definidas e mantinham relações diplomáticas entre si.
O aspecto geográfico auxiliou no desenvolvimento das polis com terras férteis e livres de outros povos, de favorável clima, próximas ao litoral dos mares que banham a PenínsulaIbérica o que facilita o acesso, contudo com divergência na distribuição de terras.

Social

Sistema que compunha a Polis Grega era o sistema patriarcal, no qual o Pai desenvolve as atividades como monarca, onde centralizava-se toda espécie de poder.
A pólis, de forma cada vez menos familística e mais cívico territorial se constitui em legatária da ordenação social da vida e emfundamentos de valor assumindo essas funções de forma ainda mais abrangente de imperativos do que as precedentes formações vinculadas ao sangue.
Na antiga organização social não havia papel definido na sociedade, diferente do que acontece nas pólis da era clássica, em que há definido o conceito de cidadão livre, escravo e estrangeiro com suas respectivas importâncias.
Atenas e Esparta são duas polisque se destacam nas literaturas por sua estrutura social e política, possuindo bem definida e diferenciada tais estruturas, sendo Esparta mais guerreira e prerarada para tal função, e Atenas mais política

Política e Sociedade

Sistema que compunha a Polis Grega era o sistema patriarcal, no qual o Pai desenvolve as atividades como monarca, onde centralizava-se toda espécie de poder.A pólis, de forma cada vez menos familística e mais cívico territorial se constitui em legatária da ordenação social da vida e em fundamentos de valor assumindo essas funções de forma ainda mais abrangente de imperativos do que as precedentes formações vinculadas ao sangue.
Na antiga organização social não havia papel definido na sociedade, diferente do que acontece nas pólis da era clássica,em que há definido o conceito de cidadão livre, escravo e estrangeiro com suas respectivas importâncias.
Atenas e Esparta são duas polis que se destacam nas literaturas por sua estrutura social e política, possuindo bem definida e diferenciada tais estruturas, sendo Esparta mais guerreira e prerarada para tal função, e Atenas mais política

Uma das principais características da culturapolítica grega era a noção de cidadania. Tal noção define a vinculação da pessoa a uma determinada pólis, por laços essencialmente familísticos. Tal “privilégio” estabelecia certos deveres e direitos, tais como: obrigação de defesa da cidade e contribuição para seu bem geral e o direito de opinar sobre seus destinos.
Em se tratando de direitos cívicos as mulheres, numa cultura patriarcal, que...
tracking img