Osteoporose

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 51 (12601 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
http://pt.wikipedia.org/wiki/Osteoporose

Osteoporose
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Osteoporose Aviso médico |
Classificação e recursos externos |
CID-10 | M80.-M82. |
CID-9 | 733.0 |
A osteoporose é uma doença que atinge os ossos. Caracteriza-se quando a quantidade demassa óssea diminui substancialmente e desenvolve ossos ocos, finos e de extremasensibilidade, mais sujeitos a fraturas. Faz parte do processo normal de envelhecimento, e é mais comum em mulheres do que em homens. A doença progride lentamente e raramente apresenta sintomas antes que aconteça algo de maior gravidade, como uma fratura, que costuma ser espontânea, isto é, não relacionada a trauma. Se não forem feitos exames diagnósticos preventivos a osteoporose pode passardespercebida, até que tenha gravidade maior. A osteoporose pode ter sua evolução retardada por medidas preventivas.
A partir de 1991 devido o Consenso realizado por todas as Sociedades Americanas que tratam da osteoporose, elas passaram a informar que é fundamental a análise da qualidade óssea que expressa o estado de deterioração do colágeno ósseo. Quanto melhor for a qualidade óssea menor a chancede ter fratura.
A mudança na definição ocorreu porque as pesquisas verificaram que 100% das pacientes com Síndrome de Turner e que possuiam osteoporose, não fraturam. Ainda, os pesquisadores constataram que ao prescrever Fluoreto de Sódio para suas pacientes, os óssos ficavam mais densos e fraturavam com maior facilidade.
A partir dessas constatações os pesquisadores começaram a estudar maisprofundamente o tecido ósseo e verificaram que o risco de desenvolver osteoporose e fratura está diretamente relacionado com as deteriorações do colágeno ósseo.
A partir de 2000, uma nova tecnologia com Inteligência Artificial dos Projetos da Robótica da Nasa permitiu determinar o local mais apropriado do organismo humano que permite estudar minuciosamente o tecido ósseo. Essa região é adas metáfises das falanges dos dedos II-V. Nela é possível avaliar oito parâmetros e não apenas um como quando o exame é realizado na coluna lombar, como vem sendo orientado há mais de 25 anos. Na atualidade, avaliar apenas a densidade óssea,nós estamos fazendo uma análise do tecido ósseo muito restrita.

Índice [esconder] 1 Pontos fracos do esqueleto 2 Fisiculturismo 3 Sintomas 4 Epidemiologia5 Prevenção 5.1 Bisfosfonatos 5.2 Reposição hormonal 5.3 Modulador seletivo dos receptores de estrogênio (SERM) 5.4 Administração de cálcio 5.5 Calcitonina 5.6 Atividade Física 6 Prognóstico 7 Incidência no Brasil 8 Referências 9 Ligações externas |
[editar]Pontos fracos do esqueleto Coluna vertebral - Pessoas idosas podem fraturaras vértebras da coluna com freqüência. A chamada corcunda de viúva é uma deformação comum e pode até levar à diminuição de tamanho do doente.
É muito importante saber que a maioria das fraturas que ocorrem na coluna se situam na região torácica e não na região lombar como tem sido descrito pela maioria dos reumatologistas e ortopedistas. Vários pesquisadores americanos, entre eles Bonnick (1989) já tinhamconstatado esse fato. Após revisão dos trabalhos publicados nos últimos 15 anos, o Serviço Preventivo da Força Tarefa Americana a partir de 2002 passou a orientar a densitometria da coluna lombar apenas para as pacientes acima de 65 anos se não possuirem antecedente de fratura na família. Também informa que esse exame pode apresentar baixa reprodutibilidade (59,0%) em seus resultados quando sãorealizados anualmente. Por essa razão, recomendam que o exame não deve ser repetido na coluna lombar com intervalo menor do que 3 anos.
Punho - Por ser um ponto de apoio, é uma área na qual as fraturas acontecem normalmente. Os ossos sensíveis têm pouca estrutura para sustentar o peso do corpo quando cai.
Quadril / Anca - As fraturas de pelve são difíceis de cicatrizar e podem levar à...
tracking img