Osteoporose

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2367 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
DOENÇAS ÓSSEAS

OSTEOPOROSE
1- Epidemiologia
A osteoporose é um problema de saúde pública mundial cuja importância e cujo impacto vêm crescendo nas últimas décadas. Graças aos avanços da medicina, as pessoas estão atingindo idades mais avançadas e, desta forma, a maioria das populações está envelhecendo. Uma pesquisa realizada na Comunidade Européia estima que até o ano 2040 o número deidosos irá dobrar nesse continente e, em conseqüência, o número de fraturas devidas à osteoporose irá aumentar entre 50% e 300%.
A osteoporose atualmente afeta mais de 75 milhões de pessoas na Europa, Japão e os Estados Unidos, com um risco estimado de fraturas ao redor 15%. Dados norte-americanos mostram que as fraturas devido à osteoporose são mais graves, letais em 12 a 20% dos casos. Sabe-se que aincidência de osteoporose entre mulheres chilenas acima de 50 anos de idade é de 22%.
No Brasil, há escassez de dados referentes à população acometida pela osteoporose. Estima-se que aproximadamente 10 milhões de brasileiros sofram com osteoporose, sendo que 2,4 milhões sofrem fraturas anualmente e destes, cerca de 200 mil morrerão em decorrência direta de suas fraturas. Calcula-se que aosteoporose afete cerca de 35% das mulheres acima de 45 anos de idade em nosso país.
Estima-se que uma em cada duas mulheres e um em cada cinco homens acima de 65 anos de idade apresentarão pelo menos uma fratura relacionada à osteoporose em algum momento da vida.

2- O que é?
A osteoporose é enfermidade crônica, multifatorial, muito relacionada ao envelhecimento. Esta doença é de importânciacrescente, tendo-se em vista o aumento da expectativa de vida populacional, que no Brasil é de aproximadamente 72 anos para as mulheres.
Define-se a osteoporose como sendo doença caracterizada por baixa massa óssea e deterioração da microarquitetura do osso, levando a aumento da fragilidade óssea e, conseqüentemente, maior risco de fraturas. Entretanto, apesar da importância da massa óssea, reunião deconsenso recente dos National Health Institutes define a osteoporose como doença caracterizada por resistência óssea comprometida e risco aumentado de fratura.
Normalmente, a não ser nos ossos em crescimento, há equilíbrio entre deposição e perda óssea; na osteoporose existe desproporção entre essas atividades, com predomínio da última.
A densidade óssea aumenta até a faixa dos 30 anos, sendoa massa óssea maior no homem do que na mulher. Daí por diante perde 0,3 % ao ano. Na mulher a perda é maior nos 10 primeiros anos pós-menopausa, podendo chegar a 3% ao ano, e é maior na mulher sedentária.
A osteoporose pode ser primária (idiopática) ou secundária. A forma primária é classificada em tipo I e tipo II.
No tipo I, também conhecida por tipo pós-menopausa, existe rápida perda óssea eocorre na mulher recentemente menopausada. Predominantemente é associada a fraturas das vértebras e do rádio distal.
A tipo II, ou senil, é relacionada ao envelhecimento e aparece por deficiência crônica de cálcio, aumento da atividade do paratormônio e diminuição da formação óssea.
A osteoporose secundária é decorrente de processos inflamatórios, como a artrite reumatóide; alteraçõesendócrinas, como hipertireoidismo e desordens adrenais; mieloma múltiplo; por desuso; por uso de drogas como heparina, álcool, vitamina A e corticóides.
Os corticóides inibem a absorção intestinal do cálcio e aumentam sua eliminação urinária, diminuem a deposição óssea e aumentam sua perda.

3- Fatores de risco associados
A idade tem efeito marcante sobre a densidade mineral óssea. Uma mulher perdeaproximadamente metade do seu osso trabecular e 35% de seu osso cortical durante sua vida.
Além da idade, o sexo e a raça estão entre os principais determinantes da massa óssea e do risco de fraturas. Mulheres são mais suscetíveis à osteoporose do que homens, pois além de passarem pela menopausa também possuem menor densidade mineral óssea do que os homens. Fatores genéticos também são...
tracking img