Os universais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2508 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O ser humano é e sempre será uma grande incógnita para a filosofia. Pois, a cada novo estudo antropológico, o homem realiza uma reflexão e uma reinterpretação de si mesmo. Quanto mais se busca compreendê-lo, cada vez mais ele se transforma juntamente com quem o está estudando. É por este motivo que as pessoas sentem-se angustiadas em conhecer-se e buscar algumas respostas que supram a suanecessidade existencial. Por isso, esta característica natural de buscar o que o transcende na tentativa de encontrar possíveis soluções dos problemas básicos de sua existência, bem como, sua origem, sua essência, seu destino e sua finalidade. É nesta etapa humana que surge o sentido religioso, como uma tentativa de encontrar numa igreja ou numa obra teológica, possíveis rumos a serem seguidos, atranscendência.
Dentre todas as questões existenciais, a origem e o destino do homem são as que mais perturbam o ser humano. A humanidade, neste tempo de passagem para uma época pós-moderna, volta sua atenção novamente para o transcendente e espera ansiosamente uma resposta das grandes religiões.
Quando o homem, através de uma atitude de busca, tenta entender sua origem, se faz necessário conhecertodo o estudo realizado sobre este tema metafísico, principalmente na Antiga Grécia e no Período Medieval. Pensadores como Platão, Aristóteles, Santo Agostinho e Tomás de Aquino são pontos fundamentais para a compreensão da origem e debate sobre os Universais.
O termo Universal, diante da história filosófica, foi tratado de duas maneiras: "Como um significado objetivo, pelo qual ele indica umadeterminação qualquer que pode pertencer ou pode ser atribuída a mais coisas, e por segundo como subjetivo, pelo qual indica a possibilidade de um juízo sendo válido para todos.".
Os universais, também chamados “noções genéricas”, ideias e entidades abstratas, contrapõem-se aos particulares ou entidades concretas; exemplos de universais são: o homem, o triângulo, etc.
No século XI, as disputasteológicas ampliam seus horizontes e passam a discutir problemas lógicos, gnosiológicos e científicos, ressurgindo assim o problema dos universais, problema que anteriormente ao século XI não existia, pois, nenhum pensador colocaria em dúvida que os gêneros e as espécies fossem ideias arquétipos na mente de Deus e forma dessa mesma mente impressa nas coisas. Mas, o problema dos universais vem àtona por uma passagem da Introdução de “Isagoge” de Porfírio às Categorias de Aristóteles, traduzida por Boécio e, aqui citada por Valente, que diz: “O universal é um conceito, ideia ou a essência comum a todas as coisas que indicam com um mesmo nome, tem uma realidade objetiva, é algo de real, ou então é um simples ato ou conteúdo da nossa mente expresso com um nome” (POMBO,1968, p. 201) ”O problema capital que se refere aos universais, e que já foi tratado por Platão e Aristóteles, mas que recebeu minuciosa elucidação na idade média refere-se à sua forma peculiar de existência. Trata-se de determinar que espécie de identidades são os universais e, embora pareça uma questão ontológica, teve e tem ramificações na lógica, na teoria do conhecimento e até na teologia. As questões principaisque o problema dos universais suscita são as seguintes:

1. A questão do conceito (natureza e funções do conceito; natureza do individual e suas relações com o geral).

2. A questão da verdade (critério ou critérios de verdade e da correspondência do enunciado com a coisa).

3. A questão da linguagem (natureza dos signos e das suas relações com as entidadessignificadas).
As posições principais que se sustentaram na idade média em relação a estas questões podem ser esquematizadas do seguinte modo:

• Conceptualismo (realismo moderado): o universal é o conceito, entidade mental, sem existência objetiva. Esta seria uma posição que se poderia considerar intermediária entre as duas outras, não recusava aos universais todo e qualquer tipo de...
tracking img