Os minaretes suiços

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (719 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Os referendos são actos de consulta aos cidadãos dos países, sobre as mais variadas áreas e temas, a existência dos mesmos plasmados nos sistemas normativos dos países, parece indicar em primeiralinha a existência de um sistema democrático que se sujeita ao voto dos seus cidadãos.
A Suíça encontra-se situada na Europa Central, fazendo fronteira com países como a França, Alemanha, Itália,Áustria e Liechtenstein, tem como línguas oficiais o alemão, francês, italiano e romanche.
É uma importante potência industrial, com as principais industrias a serem os têxteis e alimentos, relojoaria, eartesanato, no entanto os ramos mais modernos são a metalurgia de transformação e a química.
Foi primitivamente habitada por helvécios, tendo depois passado pelo domínio dos romanos e constituiu-se umaSuíça Alemã, que foi englobada nos anos de 843, pelo Reino da Germânia. Com vários episódios até aos tempos mais modernos, a Suiça adaptou uma posição de neutralidade principalmente durante as duasguerras mundiais, com o sentido de aliviar o sofrimento das partes em conflito, sendo inclusive a sede da Cruz Vermelha Internacional, verifica-se ainda, que a prosperidade économica do país, foisempre favorecida pela pela sua tradicional neutralidade.
Verifica-se ainda na Suiça a existência, de várias minorias, com por exemplo a portuguesa, espanhola e turca, encontramos ainda a religiãocatólica e a protestante, é um defensor dos direitos do homem, com uma cultura diversificada.
Tendo em atenção o atrás referido, podemos e devemos pensar que a Suiça, é um país democrático, onde as suasinstituições trabalham dia a dia tendo como objectivo a integração das minorias existentes no país.
Assim na minha opinião encontramos vários obstáculos epistemológicos num trabalho de reflexão sobre otexto “Foi o medo da Suiça tradicional que venceu a consulta dos minaretes”.
Verificamos, no primeiro paragráfo, a existência da dicotomia indivíduo/sociedade, quando se argumenta que “Ganhou a...
tracking img