Os impactos do aremesso do basquete para a articulação do joelho.

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1328 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de agosto de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Estamos realizando atividade Física a todo o momento em nosso cotidiano, no esporte ou até mesmo quando estamos em repouso gastamos energia e queimamos calorias, pois, um simples movimento envolve todo um sistema de ossos, músculos e o sistema nervoso.
O basquetebol, objeto de nosso trabalho, é considerado uma modalidade esportiva composta de uma sucessão de esforços intensos e breves,realizados em ritmos diferentes. É um jogo que exige grande coordenação motora e movimentos de grande intensidade, que permite o desenvolvimento de muitas capacidades físicas. As habilidades envolvidas no basquetebol são passes, saltos, corridas, dribles, rebotes e a execução sólida de jogadas ofensivas e defensivas e os arremessos.
Mas se destacarmos uma destas habilidades, quais seriam os sistemas queum simples movimento solicitaria? Quais impactos gerariam para o nosso organismo?
Bem, para tentarmos responder este questionamento torna-se necessário que peguemos uma região isolada do corpo para que seja objeto de nossos estudos. Por ser uma área muito solicitada em todos os movimentos, escolhemos o joelho, e estudaremos quais as solicitações feitas pelo arremesso do basquete nessa articulação.Figura 1. Arremesso de basquete (HUNGERFORD e BARRY, 1999).

O joelho é formado na sua parte superior pelo fêmur que roda sobre a tíbia. Na parte anterior existe um osso arredondado, palpável chamado patela. Este desliza dentro de um sulco na porção anterior e inferior do fêmur. Grandes ligamentos unem o fêmur e a tíbia para promover estabilidade, enquanto longos músculos dão força aojoelho. As superfícies articulares, onde estes ossos entram em contato, são cobertas de uma cartilagem especial, chamada de cartilagem articular. Esta cartilagem torna possível o movimento articular. As demais superfícies do joelho são cobertas por uma fina camada de tecido chamado de membrana sinovial. Esta membrana libera um líquido especial que lubrifica a articulação e reduz o atrito próximo de zeroem um joelho normal. Normalmente todos estes componentes trabalham em harmonia, seu alinhamento e estabilidade dependem invariavelmente do arranjo de cápsulas, ligamentos, menisco e estruturas musculotendinosas.

Figura 2. Visão da articulação do joelho. (STEINKAMP.1993).

Todas as funções do corpo humano são controladas por dois grandes sistemas que atuam de forma integrada, o sistemanervoso e o sistema músculo esquelético. O sistema nervoso é sensível a vários tipos de estímulos que se originam de fora ou do interior do organismo, ao ser estimulado, esse tecido torna-se capaz de conduzir os impulsos nervosos de maneira rápida e, às vezes, por distâncias relativamente grandes. Trata-se de um dos tecidos mais especializados do organismo animal. Ao agacharmos o tendão do joelhoexcita as extremidades nervosas dos neurônios, os axônios desses neurônios levam o impulso até a medula, fazendo sinapse com os neurônios associativos que transmitem o impulso nervoso através de seus axônios aos neurônios motores, que atuam nos músculos provocando o movimento.
Já o sistema muscular é composto de estruturas individualizadas que cruzam uma ou mais articulações e pela sua contração sãocapazes de transmitir-lhes movimento. Este é efetuado por células especializadas denominadas fibras musculares, cuja energia latente é ou pode ser controlada pelo sistema nervoso. Os músculos são capazes de transformar energia química em energia mecânica.
A principal função do músculo esquelético é a contração, que resulta em movimento. Ele é único em sua habilidade e é o de maior interesse nabiomecânica e cinesiologia. É através do comprimento da fibra muscular que se determinará a distância que o músculo pode contrair ou expandir. Geralmente as fibras podem encurtar ou serem alongadas 50% a mais que seus comprimentos normais (FOSS & KETEYIAN, 2000).
Ao contrário do que possam pensar os músculos posteriores da coxa não são responsáveis pela flexão do joelho, este se consegue graças a...
tracking img