Os godos e suas origens

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1135 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Os Godos sempre foram considerados povos “bárbaros” sob a visão primeiramente romana, depois alguns povos também adotaram o termo “bárbaro” para designar povos que não tinham a mesma cultura e língua que a sua.
Sua origem, seria a ilha de Scandia, na atual Escandinávia (Jordanes, 551), marchando com seu rei Berig, combatendo os povos no caminho e conquistando suas terras. Acredita-se que osGodos tenham cruzado o Mar Báltico por volta dos séculos IV ac. a I dc. estabelecendo-se primo ao Rio Vístula, atual Polônia.

Dividiam-se em dois povos: Visigodos e Ostrogodos, com as tribos avançando chegaram ao Rio Danúbio, assim navegando por ele em direção do Mar Negro chegando os Ostrogodos em Taurus, próximo à Sarmatia, onde foram crescendo em número e força e os Visigodos se estabelecerampróximo à Scítia.

Uma povoação romana se encontrava no Ponto Euxino (referente ao Mar Euxino ou Negro) abrangia a Trácia, Teodósia e outras cidades costeiras que mantinham comércio com a Scítia e esse foi o ponto de entrada dos Godos no Império Romano.
Os Hunos vindo da Sarmatia, com fúria pressionaram os Godos a deixarem Taurus e avançarem sobre o Ponto Euxino, iniciando-se as invasões sobre oimpério Romano.

Os Godos chegam à Dácia, derrotando o imperador Décio na Mésia por volta de 251 dc. passando pela Ásia Menor, avançam e chegam a Acaia por volta de 268 dc. durante o reinado de Valeriano e Galieno, conhecidos como os “Trinta tiranos” invadiram a cidade de Corinto e Argos, chegando a Síria.

O reino dos Ostrogodos que se estendia do Mar Negro até o Báltico, alcançando seuapogeu com Ermanarico, porém por volta de 375 dc. os Hunos invadiram e devastaram esse reino forçando-os a fugir e se refugiar com os Visigodos. Estes, porém, foram pedir asilo à Valente, imperador do Oriente, que deixou que se assentassem e trabalhassem em troca de víveres na Trácia.
A exploração Romana causou revolta entre os Visigodos e eles e em 378 dc. armando-se penetraram as provínciasorientais, chegando aos Bálcãs derrotando os exércitos de Valente e sitiando Constantinopla. O imperador Teodósio I por volta de 382 dc. conseguiu que se estabelecessem na Mésia, onde há quase um século e meio atrás derrotaram Décio, ali permaneceram como federados prestando serviços ao Império Romano.

Pelo ano de 395 dc. com a morte de Teodósio I, as relações dos germânicos com Roma se exasperam,pois consideravam o pacto com a pessoa de Teodósio I e não Roma. Alarico chefe dos Visigodos, ganha o título de Estilicão, um general “bárbaro” de origem Vândala, do imperador Honório do império ocidente, para que se mantivesse na Ilíria e assim a tirasse da influência do oriente.
Alarico e sua tribo não tinham interesse em obedecer as ordens romanas e seguiu para a Itália por volta de 401 dc.marchando para Veneza e depois para Milão onde residia Honório que foge para Ravena. Esse avanço foi freado por Estilicão que chamou as legiões que combatiam em outras partes do ocidente, abrindo espaço para outras tribos “bárbaras” invadirem terras como a Gália e Inglaterra. Estilicão voltou a instalá-los na Ilíria para assim usá-los contra outras tribos que invadissem, isso fortaleceu adesconfiança romana em Estilicão.

Em 408 dc. aproveitando-se da fraqueza de Roma ao suprimir os ataques na Gália e outras regiões e Estilicão o colocando para combater na mesma, Alarico teve maior sucesso em conquistar a Itália quando do assassinato de Estilicão pelo próprio Honório lhe retirou o obstáculo principal para isso. Alarico avança sobre a Itália e exige um grande pagamento em ouro, conseguindoparte em estátuas de ouro de templos pagãos, retira-se para a Toscana prosseguindo a negociação, porém desgostoso com o Imperador exige que seja eleito um novo Imperador.
Este permanece pouco tempo no cargo por tentar ser independente de Alarico, assim sua nova cobrança de armas para seu exército, pedido de sua nomeação como chefe do exército e o estabelecimento da Nórica (nordeste Italiano)...
tracking img