Os fluxos das drogas ilicitas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1971 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução
As drogas ilícitas são substâncias proibidas de serem produzidas, comercializadas e consumidas. Em alguns países, determinadas drogas são permitidas sendo que seu uso é considerado normal e integrante da cultura. Tais substâncias podem ser estimulantes, depressivas ou perturbadoras do sistema nervoso central, o que perceptivelmente altera em grande escala o organismo.
São drogasilícitas: maconha, cocaína, crack, ecstasy, LSD, inalantes, heroína, barbitúricos, morfina, skank, chá de cogumelo, anfetaminas, clorofórmio, ópio e outras

Como o cupim que corrói as vigas de madeira de uma casa, as drogas podem corroer a inteira estrutura da sociedade. Para funcionar bem, a sociedade humana precisa ter famílias estáveis, trabalhadores saudáveis, governos de confiança, políciahonesta e cidadãos honrados. As drogas corrompem todos esses segmentos fundamentais.
O abuso e dependência das drogas é um problema de saúde pública que afeta muitas pessoas e tem uma grande variedade de conseqüências sociais e na saúde dos indivíduos. Pesquisas científicas recentes têm demonstrado que as drogas não somente interferem no funcionamento cerebral normal, criando sensações de prazer, mastambém tem efeitos a longo-prazo no metabolismo e na atividade cerebral, e num determinado momento, as mudanças que ocorrem no cérebro podem transformar o abuso em dependência. As pessoas viciadas em drogas têm um desejo compulsório e não conseguem deixar as drogas por vontade própria. O tratamento é necessário para dar fim a esse comportamento compulsivo. Esse tratamento pode ter um profundoefeito não apenas nos usuários de drogas, mas também na sociedade como uma diminuição da criminalidade e violência, redução da contaminação da AIDS, acidentes automobilísticos e outros fatores associados às drogas.
Uma das razões pelas quais os governos proíbem o uso de drogas é o mal que elas causam à saúde de seus cidadãos. Anualmente, em todo o mundo, milhares de viciados morrem de overdose.Muitos mais morrem de Aids. Segundo o site aidsbrasil.com , “o Brasil tem, aproximadamente, 600 mil portadores do vírus da aids, o HIV. Segundo previsão do Banco Mundial o Brasil teria 1,2 milhão de infectados pelo HIV no ano 2000. Dos 600 mil portadores do HIV, incluem-se as pessoas que já desenvolveram aids e excluem-se os óbitos. Diferente da notificação dos casos de aids, os dados de HIV sãoestimados, portanto, não estão disponíveis informações sobre as principais vias de infecção pelo HIV. Em média, a pessoa infectada pelo HIV demora entre 8 e 10 anos para começar a desenvolver os sintomas de aids. Só então ela é notificada como um novo caso de aids.”
As drogas estão ligadas ao crime em pelo menos quatro maneiras:
1. A posse não-autorizada e o tráfico de drogas são considerados crimesem quase todos os países do mundo. Em alguns países, o sistema judicial está tão lotado de processos criminais ligados às drogas que a polícia e os tribunais simplesmente não conseguem dar vazão.
2. Visto que as drogas são muito caras, muitos usuários recorrem ao crime para financiar o vício. O viciado em cocaína, por exemplo, talvez precise de uns mil dólares semanais para sustentar o vício! Nãoé para menos que os arrombamentos, os assaltos e a prostituição floresçam quando as drogas fincam raízes numa comunidade.
3. Outros crimes são cometidos para facilitar o narcotráfico, um dos mais lucrativos negócios do mundo. Para garantir o fluxo fácil das drogas, os traficantes tentam corromper ou intimidar as autoridades. Alguns têm até mesmo um exército particular. Os enormes lucros dos barõesda droga também criam problemas. Sua fabulosa receita poderia facilmente incriminá-los se esse dinheiro não fosse “lavado”. Assim, bancos e advogados são usados para despistar a movimentação do dinheiro das drogas.
4. Os efeitos da própria droga podem levar a atividades criminosas. Familiares talvez sofram abusos por parte de usuários de drogas crônicos. Em alguns países africanos afligidos...
tracking img