Os fatores que determinam a não aplicação do princípio da entidade pelos empresários do ramo de autopeças

Páginas: 20 (4774 palavras) Publicado: 8 de novembro de 2011
SUMÁRIO
1 INTRODUÇÃO................................................................................................................ 6
1.1 Contextualização......................................................................................................... 6
1.2 Relevância do Estudo.................................................................................................. 81.3 Abordagem Metodológica......................................................................................... 10
2 REVISÃO TEÓRICA..................................................................................................... 13
2.1 Da Teoria Contábil.................................................................................................... 13
2.1.1 Princípiose Normas............................................................................................... 13
2.1.2 Princípios, Postulados e Convenções..................................................................... 13
2.1.3 Entidade Contábil................................................................................................... 15
2.1.4 Princípio daEntidade............................................................................................. 15
2.1.5 A Entidade em Marcha.......................................................................................... 16
2.2 Do Ramo de Autopeças............................................................................................ 18
2.2.1Comércio................................................................................................................ 18
2.2.2 O Comércio de Autopeças no Brasil...................................................................... 18
2.2.3 Comércio de Autopeças em Montes Claros........................................................... 19
2.3 EsclarecimentosLegais............................................................................................. 20
2.3.1 Da Carga Tributária............................................................................................... 20
2.3.2 Da Classificação das Empresas............................................................................. 22
2.4 Da Administração dasEmpresas.............................................................................. 22
2.4.1 Caracterização das Entidades................................................................................ 23
2.4.2 Gestão de Negócios............................................................................................... 23
2.4.3 Dificuldades no Gerenciamento do Negócio........................................................ 24
2.4.3.1 NecessidadesFinanceiras das Empresas........................................................ 24
2.4.3.2 Administração do Capital de Giro.................................................................. 26
2.4.3.3 Controle de Estoques...................................................................................... 26
2.4.3.4Concorrência................................................................................................... 27
2.4.3.5 Devedores Duvidosos..................................................................................... 27
3 APRESENTAÇÃO E ANÁLISE DE DADOS............................................................. 29
4CONCLUSÃO............................................................................................................... 40
5 BIBLIOGRAFIAS......................................................................................................... 42 1 INTRODUÇÃO
1.1 Contextualização
Segundo Gelbcke, Iudicibus e Martins (2000) toda entidade é formada por um conjunto de
pessoas e de recursos que organizadamente exercem a atividade econômica. As entidades têm
objetivos que podem ser econômicos ou...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Não aplicaçao do principio da menor onerosidade no Direito do Trabalho
  • Principios da entidade
  • Princípio da entidade
  • principio da entidade
  • principios da entidade
  • Princípio da entidade
  • O princípio da entidade
  • Aplicação Financeira; Avaliação de Estoques; Princípio da entidade e competência; Legislação contábil

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!