Os estados marave

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1067 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
OS ESTADOS MARAVE
1.Origem e Formação
 Os Estados Marave formaram-se com a chegada a sul do Malawi, a partir de camadas sucessivas de emigrantes oriundos da região de Luba do Congo, liderados pelo clã Caronga-Phiri, entre 1200 à 1400, situados entre-os-rios Chire e Luangua, a norte do rio Zambeze. Conflitos dinásticos levaram a segmentação do clã original, dando origem a novas linhagens queposteriormente se estabeleceram a oeste, sul e sudeste do território ocupado pelos Caronga. Assim, Undi irmão de Caronga moveu-se para oeste e estabeleceu a hegemonia da sua linhagem sobe os povos de língua Cheua e Nsenga, abrangendo a norte da província de Tete. Por outro lado, Kaphwiti e Lundu lograram dominar as populações do vale do Chire.
Diferentemente dos Mwenemutapas a sul do Zambeze, osMaraves a norte dominaram o seu território através da absorção e adaptação da ideologia local, acompanhado com o casamento com mulheres nativas, promovendo o controlo sobre a esfera ideológica.
1.1 Limites
Norte: Malawi
Sul: rio Zambeze
Este: Rio Luangua
Oeste: Rio Chire
Assim, o Estado o estado Marave passou a ter como estados satélites: Undi, Lundu, Kaphwiti e Biwi. Todos estes estados ondeo aparelho do Estado se confundia com a família reinante, eram governados por membros oriundos do clã original Phiri. O termo Marave designa várias formações etnolinguísticas.
2.Principais actividades económicas
A principal actividade económica dos povos Maraves era a agricultura e o comércio a longa distância. Pode-se aceitar que a Mapira era o cereal mais cultivado entre o Chire e Luangua.Cultivava-se o milho, mexoeira, amendoim, leguminosas, etc. A agricultura era itinerante sobre queimadas, sendo a enxada de cabo curto como único instrumento utilizado. No estado Marave, para a produção agrícola havia uma forma de cooperação entre os camponeses designada por Dima, que previa entre outros aspectos garantir maior produção e produtividade. É certo que os Maraves produziam ecomercializavam as enxadas da metalurgia. Por outro lado, havia uma produção considerável de tecidos de algodão para troca, designadas por “Machiras”.
Um outro produto saído do território Marave era o Sal e há evidências de que ele era adquirido por mercadores Ajauas e Bisa.
Tal como sucedia no império de Mwenemutapa e das linhagens satélites, as classes dominantes dependiam para a sua reprodução de duasfontes: Tributos diversos como o comércio do marfim, o qual representava para os soberanos Maraves o mesmo que o ouro para os soberanos Chona.
No caso do estado dos Undi, a classe dominante recebia tributos regulares e tributos rituais. Os súbditos eram obrigados a trabalhar regularmente nas terras dos chefes, a construir casas para a classe dominante e assegurar a manutenção da capital. Comotributos rituais, havia as primícias das colheitas e as taxas devidas ao facto de os chefes orientarem as cerimónias mágico religiosas.
Ainda no Estado Undi, os súbditos eram obrigados a cultivar produtos para o interesse geral conhecidos por “Munda ya Chiweta”. Com o produto do sobre trabalho dos súbditos o Undi sustentava visitantes e Litigantes, entretinha jogos e danças e socorria os necessitados.Recebiam igualmente tributos de vassalagem que incluíam penas vermelhas de certos pássaros, marfim, peles de leão e de leopardo, partes comestíveis de outros animais, tributo de trânsito dos comerciantes designado por Mororo e primícias das colheitas.
3.Estrutura sócio-política e administrativa
O aparelho político do Estado Marave era complexo. Porém, tomemos o exemplo do Estado Undi, cujosterritórios abrangiam a actual província de Tete.
Undi: Chefe máximo do Estado
Mambo: Chefe dos territórios conquistados
Mwene Dziko: Chefe Territorial
Mwene Mudzi ou Fumo: Chefe da aldeia
Todavia, há que salientar que cada chefe era servido por um conjunto de conselheiros os mbili, singular ambili. Havia igualmente um corpo de funcionários subalternos como mensageiros e guarda do chefe.
No...
tracking img