Os contos de bede o bardo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 52 (12792 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de setembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
SUMÁRIO
Introdução xi
O BRUXO E O CALDEIRÃO SALTITANTE 3 2 A F ONTE DA S ORTE 21 3 O C ORAÇÃO PELUDO DO M AGO 43 BABBITTY, A COELHA, E SEU Toco G ARGALHANTE 61 5 O C ONTO DOS T RÊS I RMÃOS 85 1

4

Uma mensagem pessoal da baronesa Nicholson of Winterbourne, membro do Parlamento Europeu 105

Introdução
Os contos de Beedle, o Bardo é uma coletânea de histórias populares
para jovens daíserem conhecidas borralheira" mágicas). bruxos e bruxas, contadas o "Caldeirão Saltitante" de muitos alunos de e "A bela adormecida" há séculos à hora de dormir, e a "Fonte da Sorte" tão Hogwarts quanto "A gata das crianças trouxas (não-

As histórias de Beedle se assemelham aos nossos contos de fadas sob muitos aspectos; por exemplo, a virtude é normalmente premiada e o vício castigado.Apresentam, porém, uma diferença evidente. Nos contos de fadas trouxas, é comum a magia estar na raiz dos problemas do herói ou da heroína — a bruxa malvada envenenou a maçã, ou fez a princesa mergulhar em um sono de cem anos, ou transformou o príncipe em uma fera horrenda. Nos Contos de Beedle, o Bardo, ao contrário, encontramos heróis e heroínas que, embora capazes de realizar mágicas, descobrem quelhes é quase tão difícil resolver seus problemas quanto o é para nós, trouxas. As histórias de Beedle ajudaram gerações de pais bruxos a explicar este doloroso fato da vida aos seus filhinhos: a magia tanto causa dificuldades quanto as resolve.

Outra notável diferença entre estas fábulas e suas correspondentes trouxas é que as bruxas de Beedle são muito mais ativas quando se trata de partir embusca da fortuna do que as heroínas dos nossos contos de fadas. Asha, Altheda, Amata e Babbitty, a Coelha, são mulheres que tomam o destino em suas próprias mãos, em vez de tirar um longo cochilo ou esperar que alguém lhes devolva o sapatinho perdido. A exceção à regra — a donzela sem nome de "O coração peludo do mago" — age de modo semelhante ao de uma princesa de conto de fadas, mas o conto nãotermina com o habitual "e viveram felizes para sempre". Beedle, o Bardo viveu no século XV, e grande parte de sua vida permanece envolta em mistério. Sabemos que nasceu em Yorkshire, e a única xilogravura que chegou até nós mostra que ele usava uma barba excepcionalmente luxuriante. Se suas histórias refletem com fidelidade suas opiniões, ele inclusive gostava de trouxas, e os considerava maisignorantes do que malévolos; desconfiava da magia negra, e acreditava que os piores excessos da bruxidade decorriam de suas características demasiado humanas de crueldade, apatia ou arrogante desperdício dos próprios talentos. Os heróis e heroínas que saem vitoriosos em suas histórias não são os que têm a magia mais poderosa, mas os que demonstram maior bondade, bom-senso e inventividade. Um bruxodos tempos modernos que defendeu idéias muito semelhantes foi, naturalmente, o professor Alvo Percival Wulfrico Brian Dumbledore, Ordem de Merlim, Primeira Classe, Diretor da Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts, Chefe Supremo da Confederação Internacional de Bruxos e Bruxo-Presidente da Suprema Corte dos Bruxos. Apesar das coincidências nos pontos de vista, foi uma surpresa descobrir uma coleçãode notas sobre Os contos de Beedle, o Bardo, entre os muitos documentos que Dumbledore legou em testamento aos Arquivos de Hogwarts. Se tais notas foram escritas para seu próprio prazer ou para futura publicação, jamais saberemos; recebemos, contudo, a gentil permissão da professora Minerva McGonagall, hoje diretora de

Hogwarts, para incluí-las, com uma novíssima tradução dos contos feita porHermione Granger. Esperamos que as impressões do professor Dumbledore, que incluem comentários sobre a história bruxa, reminiscências pessoais e informações reveladoras sobre elementos-chave de cada história, possam contribuir para que uma nova geração de leitores bruxos e trouxas aprecie Os contos de Beedle, o Bardo. Todos os que conheceram o professor Dumbledore pessoalmente crêem que ele...
tracking img