Os contornos da história

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2136 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Título: OS CONTORNOS DA HISTÓRIA

2. CONTÚDOS:
1. ARTE BRASILEIRA:
Eliseu Visconti – “ A Providência guia Cabral”
Alberto da Veiga Guignard – “ Noites de São João”
João Câmara – “Retrato Silencioso”

2. TÉCNICAS UTILIZADAS:
Óleo sobre tela
Litografia

3. ELEMENTOS DA VISUALIDADE:
Cores, luzes, figura/fundo, direções.

4. ARTE E HISTÓRIA

5.PATRIMÔNIO CULTURAL:
Pinacoteca

3. CONTEXTUALIZAÇÃO TEÓRICA
ELISEU VISCONTI: A pintura de Visconti foi realizada em 1899. “A Providência guia Cabral” refere-se a um momento da História do Brasil, (o descobrimento) mas a pintura de Visconti não quer registrar de forma pontual este momento. O artista imagina uma cena: a que a caminho do Brasil Cabral teria sido guiado pela providência divina. Estaobra foi realizada para comemorar os 400 anos do “Descobrimento do Brasil” e conta uma das versões desse acontecimento;
Visconti constrói um clima semelhante ao da pintura impressionista*: ( o impressionismo é um movimento artístico que aconteceu na Europa no final do século XIX em que os artistas pintavam ao ar livre, suas impressões visuais modeladas pela luz) suas figuras sãoenvolvidas por uma névoa que as deixa quase indefinidas.
É importante saber que uma reprodução nunca é igual ao seu original.
A alegoria da Providência é a figura central. Na mão direita, a chama da tocha se assemelha aos seus cabelos e suas vestes, e com um leve toque de sua mão esquerda na cabeça do navegador, ela dirige o destino dos aventureiros. E, ainda que para contar o martírio de um santo,Visconti escolhe a beleza e o êxtase prazeroso.
Óleo sobre tela é uma técnica de pintura das artes plásticas. Consiste em utilizar tintas a óleo, diluídas em aguarrás e óleo de linhaça. O suporte da obra neste caso é a tela, que pode ser feita de linho cru, ou de outras fibras. Para misturar as cores, os tons desejados, utiliza-se uma paleta de madeira. Antigamente os grandes mestres faziam suaspróprias tintas.
Esta pintura faz parte do acervo da Pinacoteca de São Paulo.
Pinacoteca: é um espaço que abriga coleções de pintura, mas também abriga esculturas e objetos de diferentes épocas, realizando exposições de seu acervo permanentemente e exposições temporárias de outras coleções.
FIGURAS ALEGÓRICAS: São figuras tiradas do mundo concreto (como uma pessoa, animal ou objeto) eempregadas para representar um valor ou uma ideia.

ALBERTO DA VEIGA GUIGNARD: Guignard é um pintor que realizou grande parte de seu trabalho em Minas Gerais, observando sua pintura “Noite de São João” percebemos que as igrejas barrocas e montanhas fazem parte dela, bem como o real cenário de muitas cidades mineiras. Essa pintura foi realizada em 1961 e mostra uma paisagem de sonho e fantasia.Nela estão presentes elementos de uma festa popular tradicionalmente comemorada no Brasil.
Guignard trouxe para suas obras uma paisagem de Minas Gerais que transita entre a representação e a imaginação ("paisagens imaginantes"). Sua palheta esbranquiçada provoca uma paisagem de sonho, suspensa em um espaço sem distâncias geográficas e sem caminhos. A técnica utilizada é óleo sobre tela.JOÃO CÂMARA: A gravura “Retrato Silencioso” de João Câmara foi realizada em 1975. Há um silêncio que amordaça a figura no retrato. Há coisas que este silêncio forçado pode estar dizendo.
Retrato Silencioso é obra que mostra e critica um dos períodos políticos da ditadura brasileira, com uma única figura que, impedida de falar, grita através da expressão do seu olhar. Retrato Silencioso foirealizada em pleno Regime Militar, em uma época em que os artistas precisavam se valer de inúmeras artimanhas para não serem presos e/ou convidados a se retirarem do país. A sociedade da época se dividia entre os que apoiavam as tentativas de fala dos artistas, os que tinham medo e os que as ignoravam, sendo que estes últimos, em um país de semi-analfabetos, eram a grande maioria.
Retrato...
tracking img