Os conceitos da imperatividade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1001 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Uma criança hiperativa está quase sempre em constante movimento. Ela não consegue ficar quieta. Não se interessa muito tempo por uma brincadeira só. Os jogos que precisam de muita concentração ou tem que ficar sentada normalmente ela não gosta, pelo contrário gosta de correr, subir em móveis, árvores e frequentemente estão em lugares perigosos. Não consegue sentar para comer nem mesmo assistirtelevisão.
A hiperatividade é o aumento da atividade motora.
No colégio as reclamações mais comuns são que a criança não fica parada na carteira, ela levanta o tempo todo, mexe com um ou outro colega de turma e fala muito. Parece elétrica. Quando é obrigada a ficar sentada, se revira o tempo todo, bate com os pés mexe com as mãos ou quando leva muita bronca acaba dormindo, pois fica de “sacocheio”.
Esse tipo de comportamento termina prejudicando o desempenho escolar e a criança começa a ter problemas com as notas. Com o passar do tempo pode acabar influenciando em sua alto-estima.
A hiperatividade pode ocorrer em diferentes graus de intensidade, com sintomas variando entre leves a graves. A depender da gravidade destes sintomas, a hiperatividade pode comprometer o desenvolvimento, expressãolinguística, a memória e as habilidades motoras.
As causas para a hiperatividade podem ser: Fatores ambientais como: lesões cerebrais, epilepsia, certos medicamentos, regime alimentar, intoxicação por chumbo e hereditariedade.
A hereditariedade é a causa mais frequente. A primeira ligação foi estabelecida pelo estudo dos parentes de uma criança hiperativa, foi comprovado que uma criança hiperativatem quatro vezes mais probabilidade de possuir parentes com o mesmo problema.
Para melhor tratamento para a hiperatividade procure um profissional especializado em comportamento infantil. Outros fatores que podem ajudar são: eliminar alimentos processados que contenham corantes, flavorizantes, adoçantes e conservantes. Desenvolva uma rotina estável em casa. Para diminuir a confusão e a quantidadede estímulos diários, defina horários específicos para comer e dormir.
Todas estas possíveis causas devem ser investigadas antes de iniciar o tratamento da hiperatividade. Um especialista pode ajudar a distinguir entre a criança normalmente ativa e enérgica e a criança realmente hiperativa. As crianças até mesmo as menores podem correr, brincar e agitar-se felizes durante horas sem cochilar,dormir ou demonstrar qualquer cansaço. Para garantir que a criança realmente hiperativa seja tratada adequadamente é importante que receba um diagnóstico preciso.

Descrição
O que é?
O Transtorno de Falta de Atenção com Hiperatividade, ou simplesmente TDAH, é um padrão apresentado por pessoas extremamente distraídas e com um estado de agitação além do comum. Normalmente acontece em crianças com idadesentre seis e 12 anos podendo persistir até a vida adulta.
Qual é a causa?
Acredita-se que fatores genéticos causem o TDAH, que afeta aproximadamente 10% da população mundial. O lobo frontal do cérebro apresenta uma baixa concentração de substâncias como dopamina e/ou a noradrenalina. A falta de dopamina e/ou da noradrenalina faz com que as crianças apresentem um quadro de falta de atenção crônicae hiperatividade ou impulsividade comportamental.
Quais os sintomas?
Os indícios de TDAH mais comuns são:
- As crianças, especialmente os meninos, são agitadas e inquietas. O comportamento atrapalha o relacionamento com outras crianças.
- Na idade pré-escolar, a criança fica em movimento constante e não para de mexer em vários objetos.
- Quando colocadas sentadas em uma cadeira, as crianças mexemos pés e as mãos e não resistem por muito tempo nessa posição.
- As crianças falam muito e não conseguem ficar quietas. São incapazes de esperar o término de uma conversa paralela para se manifestarem e deixam a mesa antes do término das refeições.
- As crianças têm dificuldade em se manterem focadas em atividades de longa duração ou que não são capazes de lhes interessar.
- As crianças...
tracking img