Os classicos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (738 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]

FACULDADE METROPOLITANA DA GRANDE FORTALEZA



AURELUCIA BEZERRA RODRIGUES






OS CLÁSSICOS DA POLÍTICA


Nicolau Maquiavel, Thomas Hobbes, Jonh Locke, Jean Jacques RousseauFAMETRO
Fortaleza, Ce


















CONCEITO DE SOBERANIA DOS CLASSICOSTrabalho apresentado a Professor a Monalisa
da disciplina de Teoria política Clássica e Contemporânea, da turma 3ºSemestre, turno noite ,do curso de Serviço social.





















FAMETRO
Fortaleza - Ce

1

Os principais jusnaturalistas modernos, Thomas Hobbes, John Lockee Jean Jacques Rousseau, também chamados de contratualistas, fazem parte de uma doutrina que reconhece o "direito natural" e a necessidade de um Estado natural por parte dos homens. Porém, as idéiasdesses filósofos, apesar de terem pontos de concordância, se diferem em alguns aspectos.
Os pensamentos de Hobbes, Locke e Rousseau sobre estado de natureza, concepção de Estado, soberania esociedade civil serão apresentados de forma sintética. Os contratualistas, Thomas Hobbes, John Locke e Jean Jacques Rousseau, acreditavam que o Estado teria surgido através de um contrato onde os homensestabeleceram regras para o convívio social e subordinação política. Anterior à origem desse contrato, todos os três afirmavam que o homem vivia naturalmente, sem poder e sem organização,constituindo o estado de natureza. Entretanto, os três contratualistas apresentam pontos de divergência na definição desse estado de natureza.








2
SOBERANIA

É simplesmente o poder ouautoridade absoluta de um lugar ou propriedade que tem um estado de ser, uma ordem suprema, que não deve sua validade a nenhuma outra ordem superior.

SOBERANIA PARA MAQUIAVEL 
Infere-se que o Estado...
tracking img