Os cinco caminhos da venda

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1201 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Os cinco caminhos da VENDA

Estratégias de
Miyamoto Musashi (Adaptação: Renato Couto)

Baseado no livro “Go Rin No Sho” – Um Livro de Cinco Anéis

O livro de Musashi está profundamente carregado de filosofia Zen, Xinto e pelo Confucionismo, não apresentando simplesmente (o que já seria muito) uma tese sobre estratégia de luta e sim, nas palavras de Musashi, “uma orientação para os homensque desejam aprender estratégia”, assim, de uma forma mais ampla e estando sempre além da nossa compreensão imediata.

Foi escrito dois anos antes de sua morte, quando se isolou para viver em uma caverna, aproximadamente aos cinqüenta anos de idade. Musashi dividiu seu livro em cinco partes:

Terra: Onde destaca que o caminho da estratégia, não é apenas o caminho da esgrima, deve-se separar umsimples lutador de espada, do verdadeiro estrategista, pois o segundo estuda todas as coisas, desde as menores, como as maiores. Realiza um pequeno esboço de seu livro, comparando o ofício do guerreiro a outros, como o ofício do comerciante e do carpinteiro. Afirma que aquele que derrota um homem pode derrotar dez e aquele que derrota dez, pode derrotar cem, assim sucessivamente, demonstrando aestratégia em larga escala;
Água: Inicia nesta parte, suas aplicações técnicas (para os que conhecem Kendô, fica bastante claro), com técnicas onde “nos moldamos” ao adversário, assim como a água, que adota qualquer forma;
Fogo: Nesta parte, o combate torna-se mais feroz, destaca a importância da velocidade nas decisões, escreve “o treinamento para matar, se faz por meio de muitas lutas”.Destaca-se o conceito de esmagar, onde diz que quando houver a possibilidade e o inimigo mostra-se fraco, não deve haver clemência, devendo-se esmagá-lo de uma vez por todas, “sem respeito e sem lhe conceder espaço para respirar”;
Vento: Descreve o caminho e técnicas de outras escolas de sua época, pois o guerreiro deve conhecer a técnica de seus oponentes, assim Musashi registra os pontosinsatisfatórios, um a um;
Nada: Com linhas extremamente filosóficas diz: “No Nada está a virtude e nenhum mal. O Caminho tem existência, o espírito é o vazio”. De difícil compreensão, grosso modo, Musashi nos leva a procurar não um Nada existencial, que nada possui, mas o Nada como a possibilidade do Tudo, como a antiga parábola zen da xícara de chá...

Conhecer simplesmente as técnicas ou estratégias não é osuficiente, é o modo de aplicá-las, quando frente a frente com o inimigo, que lhe dá a verdadeira eficiência. Musashi apresenta centenas de estratégias, algumas de imediata compreensão, outras nem tanto, principalmente aos não iniciados no BUSHI. Seguem algumas e suas respectivas "traduções":

MAAI – Distância

A diferença entre um principiante e o mestre, é que o segundo dominou a arte deusar o espaço a seu favor, manipulando, movendo-se sutilmente, o suficiente para não ser atingido, nem mais, nem menos e aproveitando-se da proximidade, contra-atacar sem defesa. É importante saber até onde o inimigo pode atacar, até onde sua arma alcança, seja na relativa proximidade de uma espada ou na distância de uma flecha.

TOKOSHI – Cruzar a longa distância com velocidade

Quando se estáem TOMA (longa distância), deve-se tomar a iniciativa de aproximação, pois a única segurança na guerra é avançar e destruir o inimigo. O principiante recua quando atacado, o que é um grave erro.
Nós ocidentais usamos a máxima: “a melhor defesa é o ataque”. Às vezes não basta ser agressivo, mas ser agressivo o suficiente, não dando chance ao revide.

SURIACHI – Deslizar até o oponente

Aoencurtar a distância, faz-se com SURIACHI, ou seja, “deslizando”, assim devemos de forma suave, escorregar até o oponente. O termo em si, dá a conotação clara, de que a aproximação ocorre de forma sutil, sem que o oponente se de conta

SHIKOTAI – Perto do inimigo

Chegar tão perto do inimigo, que ele não tenha tempo para manobrar.
Como negociantes, que abrem um negócio próximo do concorrente,...
tracking img