Origem e evolução do dinheiro

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1022 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
ORIGEM E EVOLUÇÃO DO DINHEIRO

A moeda como conhecemos hoje é o resultado de uma longa evolução.
Não havia moeda (dinheiro) no inicio. Praticava-se o escambo, ou seja, troca de mercadoria por mercadoria e não tinha valor.
Esta forma de comercio foi dominante no inicio da civilização, sendo encontrada ainda hoje, entre povos de economia primitiva, em regiões onde pelo difícil acesso háescassez de meio circulante.
Algumas mercadorias pela sua utilidade passaram a ser mais procuradas que outras. Aceita por todos, assumiu função de moeda, circulando como elemento trocado por outros produtos e servindo para avaliar-lhes o valor. Eram as moedas – mercadorias.
Um exemplo de moeda – mercadoria, no Brasil era o cacau, o pau-brasil, etc.
O dinheiro hoje age como um meio de troca para apopulação. Esta característica permite ao dinheiro ser usado como padrão de trocas adiadas, uma ferramenta para saldar débitos. Porém observa-se uma grande desigualdade entre as várias regiões do planeta, sendo que muitas delas encontram-se a margem deste processo de globalização. Situações como a miséria, o desemprego, a precarização dos estatutos sociais e a falta de perspectiva abarcam grandesparcelas da população mundial, não só na denominada periferia capitalista, mas também nos países desenvolvidos, embora em menores proporções.

O DINHEIRO NO BRASIL

Durante muito tempo, a moeda utilizada no Brasil, foi a moeda-mercadoria.
Na época do Brasil colônia, o dinheiro (moeda) que circulava foram trazidos pelos colonizadores portugueses, bem como pelos invasores e piratas, quecomercializavam na costa brasileira. Nesta situação, chegou a circular juntamente com as moedas portuguesas, outras moedas, provindas de outras nacionalidades que tinham seu valor definido pelo conteúdo metálico.
As primeiras moedas metálicas que circulavam por aqui, eram feitas de ouro, prata e cobre e chegaram com o inicio da colonização portuguesa.
A unidade monetária de Portugal, o REAL, foi usada noBrasil durante todo o período colonial. Assim, tudo se contava em réis – plural popular de real – com moedas fabricadas em Portugal e no Brasil.As casas fabricantes de moedas foram aqui criadas à medida que os lugares iam desenvolvendo-se e necessitavam de dinheiro. A primeira foi a Casa da Moeda da Bahia, seguida pelas do Rio de Janeiro, Pernambuco e Minas Gerais.

CARTÕES DE CRÉDITO

Surgenos Estados Unidos, no ano de 1950, porém a idéia de dar crédito aos compradores é do ano de 1920, onde os donos de hotéis e de postos de gasolina davam crédito aos clientes mais fiéis.
Na cidade de Nova Iorque, o executivo Frank MacNamara e seus convidados foram jantar num restaurante e após terminarem o seu jantar, perceberam que haviam esquecido suas carteiras bem como os talões de cheque,portanto não tinham como pagar a conta. Como não tinham como pagar esta conta, o dono do restaurante aceitou que eles realizassem o pagamento no outro dia, contanto que assinassem uma conta, relacionando as despesas. Neste momento o executivo se deu conta do enorme potencial de um cartão de crédito.
Neste mesmo ano, foi lançado o primeiro cartão de crédito, o Diners Club Card, sendo aceito de inicioem 27 restaurantes americanos, contando com aproximadamente 200 clientes (em sua grande parte, executivos conhecidos de MacNamara). No ano de 1955 começa a ser emitido em plástico.
Em 1952 emite-se o primeiro cartão de crédito internacional, sendo aceito principalmente em hotéis e em restaurantes.
No Brasil, esta idéia chegou no ano de 1954, quando um empresário tcheco adquiriu a franquia doDiners nos Estados Unidos e ofereceu uma sociedade para o empresário Horácio Klabin. Aqui no Brasil, no inicio o cartão não era de crédito, mas sim, cartão de compra.
Hoje, podemos acompanhar a evolução dos cartões de crédito, que num futuro não muito distante, substituirá moedas e o dinheiro de papel, adquirindo o nome de dinheiro de plástico.

CHEQUES

Comumente na Idade Média, os senhores...
tracking img