Origem dos oceanos

4. Formação dos Oceanos e Mares Primitivos

De acordo com a teoria do Big Bang, no início do universo toda a matéria estava concentrada em um único ponto, extremamente denso, unida por forças gravitacionais. Há 20 bilhões de anos atrás essa massa única se expandiu numa grande explosão - o Big Bang - e reações nucleares produziram todo o hidrogênio e o hélio existente atualmente, porém, nenhumdos elementos pesados. Muitos dos outros elementos encontrados na Terra foram produzidos por núcleossíntese nas estrelas que se formaram após a Big Bang, processo esse que continua a ocorrer nos dias de hoje. A maioria das estrelas queima hidrogênio e produz hélio e uma grande quantidade de energia. Uma estrela colapsa após queimar todo seu hidrogênio. Após colapsar, a estrela pode queimar hélio eproduzir carbono e oxigênio. Estrelas com massa elevada, denominadas gigantes vermelhas, passam por este ciclo, queimando e colapsando várias vezes, produzindo carbono, neônio, oxigênio e, finalmente, magnésio e elementos pesados. Por último, o ferro também é produzido.
Quando da formação da Terra, os elementos foram segregados de acordo com suas densidades, tendo ocorrido uma subida domaterial mais leve - os gases, que formaram a proto-atmosfera terrestre. A composição dos gases atmosféricos deve ter sido muito semelhante à dos gases expelidos atualmente pelos vulcões e gêiseres, dentre os quais se inclui o vapor d' água. Inicialmente a temperatura atmosférica era muito elevada, mas à medida que a Terra foi esfriando, a grande massa de vapor d'água presente na atmosfera se condensoue precipitou na superfície do planeta, preenchendo as bacias oceânicas, há cerca de 4 bilhões de anos, logo após a solidificação da crosta. (http://www.uff.br/ecosed/Origens)
Após a formação da Terra, há 4600 milhões de anos, enormes quantidades de vapor de água foram libertadas dos vulcões e da superfície do planeta em fogo.  Alguns milhões de anos mais tarde, assim que a temperatura dasuperfície da Terra baixou, ocorreu a condensação desta vapor. Formou-se, então, toda a água existente atualmente, originando um "Oceano Primitivo". Este Oceano Primitivo, formado há mais de 4000 milhões de anos, era muito diferente do atual. As águas eram ácidas e a sua temperatura rondava o ponto de ebulição. (http://www.oceanario.pt)
As rochas mais antigas que se tem conhecimento foram datadas de 3,8bilhões de anos. Elementos voláteis, como o vapor d'água, também foram introduzidos no planeta, trazidos por cometas que penetraram na atmosfera terrestre. Dentre os gases que escaparam para a atmosfera e que continuam a ser expelidos por vulcões encontram-se o dióxido de carbono (CO2) e o ácido hidroclorídrico (HCl), este último sendo a fonte de cloro para a água do mar. Deste modo, logo nosprimórdios dos oceanos, a água acumulada nas bacias oceânicas sofreu um processo de salinização, que foi incrementado a medida que a erosão dos continentes forneceu mais elementos dissolvidos para a solução. (http://www.uff.br/ecosed/Origens)
Depois de formado esse oceano primitivo, a agua era muito acida pelo fato do ambiente ser rico em enxofre dos vulcões e também existia muito ferro dissolvido daia coloração esverdeada. Com o passa dos milhares de anos aparecem nos ambientes marinhos os estromatólitos que são estruturas construídas por bactérias que nesse ambiente primitivo começam a fazer a fotossíntese. Esse oxigênio liberado na agua ao encontrar com o ferro dissolvido reage e formam óxidos de ferro (ferrugem) que vão se depositando no fundo dos oceanos, dando origem as grandes jazidasde ferro bandado (BIF). Desse modo o oceano passou a um caráter redutor oxidante. Pois em milhares de anos as cianobactérias fizeram fotossíntese produzindo o oxigênio e muda o caráter do ambiente. (http://www.oceanario.pt)
Existem algumas evidências que a composição da água do mar tem se mantido constante há bilhões de anos devido ao balanço entre a entrada de sais, principalmente via rios e...
tracking img