Orientação postural na escola – análise postural em alunos do 5º ano “c” vesp. da e. e. duque de caxias – humaitá – am

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 43 (10600 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS – UEA
CURSO DE LICENCIATURA E BACHARELADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA
NÚCLEO DE ESTUDOS SUPERIORES
EDIMILDO DE JESUS BARROSO PASSOS

ORIENTAÇÃO POSTURAL NA ESCOLA – ANÁLISE POSTURAL EM ALUNOS DO 5º ANO “C” VESP. DA E. E. DUQUE DE CAXIAS – HUMAITÁ – AM

HUMAITÁ-AM
2010
EDIMILDO DE JESUS BARROSO PASSOS

ORIENTAÇÃO POSTURAL NA ESCOLA – ANÁLISE POSTURAL EM ALUNOSDO 5º ANO “C” VESP. DA E. E. DUQUE DE CAXIAS – HUMAITÁ – AM



Trabalho de Conclusão de Curso apresentado à UEA – Universidade do Estado do Amazonas, como parte dos requisitos necessários para obtenção de grau de Licenciatura Plena em Educação Física.
Orientador: Francinei Oliveira – Professor Assistente

HUMAITÁ-AM
2010
EDIMILDO DE JESUS BARROSO PASSOS

ORIENTAÇÃO POSTURAL NAESCOLA – ANÁLISE POSTURAL EM ALUNOS DO 5º ANO “C” VESP. DA E. E. DUQUE DE CAXIAS – HUMAITÁ – AM

Trabalho de Conclusão de Curso apresentado à UEA – Universidade do Estado do Amazonas, como parte dos requisitos necessários para obtenção de grau de Licenciatura Plena em Educação Física.
Orientador: Francinei Oliveira – Professor Assistente

Aprovado em __/__/____

BANCA EXAMINADORA____________________________
PROFESSOR ORIENTADOR
____________________________
PROFESSOR AVALIADOR
____________________________
PROFESSOR AVALIADOR

HUMAITÁ-AM
2010
ORIENTAÇÃO POSTURAL NA ESCOLA – ANÁLISE POSTURAL EM ALUNOS DO 5º ANO “C” VESP. DA E. E. DUQUE DE CAXIAS – HUMAITÁ – AM
Edimildo de Jesus Barroso Passos
Resumo: Com este trabalho pretende-se comprovar que são muitocomuns problemas posturais em crianças e adolescentes causados por motivos diversos. A presente pesquisa foi realizada com alunos do 5º ano “C” Vespertino da E.E. Duque de Caxias em Humaitá-AM. O local utilizado foi a biblioteca da escola por ser o único local em que se poderia manter uma certa restrição e discrição evitando, assim, possíveis constrangimentos e contratempo já que para a análise aturma fora dividida por sexo e em equipes de cinco alunos. Os materiais utilizados foram cimetrógrafo, formulários impressos (fichas), pranchetas, canetas, câmera fotográfica, note book e cauculadora. Após diagnóstico comprovou-se que boa parte do público analisado já possui, apesar da pouca idade, um percentual bastante elevado de problema posturais.
Palavras-chave: Problemas posturais; criança;adolescente; escola.

SUMÁRIO

1. INTRODUÇÃO

Dentre as causas de várias dores, principalmente, na vida adulta, estão os problemas posturais acumulados desde a infância. Tais problemas, por sua vez, são causados por fatores diversos, estes podem ser de origem estática ou de determinados movimentos. É plausível afirmar, tratando-se de estática, considerando o extenso espaço de tempo quepassamos de pé, sentados ou deitados – e na maioria desses casos em posturas inadequadas – que grande parte desses problemas é adquirida justamente por maus hábitos de postura durante esses posicionamentos da estrutura corporal.
Um deitar, assim como um sentar, em condições inadequadas – tanto do corpo quanto dos locais (colchão, travesseiro, poltrona, carteira, etc.) ou o simples estar-se de pé emposição também inadequada, dependendo do tempo, podem causar alterações posturais tão significativas quanto um movimento brusco em uma prática esportiva ou mesmo em um acidente qualquer. Portanto, considerando-se que muitos desses movimentos e nem todos os acidentes podem ser evitados, são necessários trabalhos de prevenção a problemas posturais, principalmente às crianças e adolescentes já queestes estão em processo de desenvolvimento estrutural.
O presente trabalho tem como objetivo verificar se há assimetrias e/ou alterações estruturais nos alunos do 5º ano “C” Vespertino da E. E. Duque de Caxias em Humaitá – AM e comprovar que a má postura, suas causas e suas consequências, são muito mais frequentes do que se possa imaginar e explicar que se iniciam ainda na fase fetal. A turma é...
tracking img