Organograma geral

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1086 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de setembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
ESCOLAS DA ADMINISTRAÇÃO

São Luis
Agosto/2011

ESCOLAS DA ADMINISTRAÇÃO

Abordagem da Administração científica: Racionalização do trabalho no nível Operacional

Taylorismo ou Administração científica é o modelo de administração desenvolvido pelo engenheiro estadunidense Frederick Winslow Taylor (1856-1915), que é considerado o pai da administração científica.Caracteriza-se pela ênfase nas tarefas, objetivando-se aumentar a eficiência da empresa aumentando-se a eficiência ao nível operacional. É baseado em quatro princípios fundamentais que são: 1. Princípio do planejamento 2. Princípio da preparação dos trabalhadores 3. Princípio do controle 4. Princípio da execução.

Abordagem clássica e Teoria neoclássica: Organização Formal; Princípios gerais daAdministração; Funções do Administrador

Teoria clássica

Foi idealizada por Henri Fayol. Caracteriza-se pela ênfase na estrutura organizacional, pela visão do homem econômico e pela busca da máxima eficiência. Sofreu críticas como a manipulação dos trabalhadores através dos incentivos materiais e salariais e a excessiva unidade de comando e responsabilidade. Fayol relacionou14 princípios básicos que podem ser estudados de forma complementar aos de Taylor: Divisão do trabalho, Autoridade, Disciplina, Unidade de comando, Unidade de direção, Subordinação dos interesses individuais (ao interesse geral), Remuneração, Centralização (ou Descentralização), Linha de Comando (Hierarquia), Ordem, Eqüidade, Estabilidade dos funcionários, Iniciativa, Espírito de equipe. Definiuas cinco funções do Administrador: Planejar, Organizar, Comandar, Coordenar e Controlar.

Teoria neoclássica

A teoria neoclássica da administração é o nome dado a um conjunto de teorias que surgiram na década de 50 e que propõem uma retomada das abordagens clássica e científica da administração. Dentre os principais conceitos abordados por essa teoria, destacam-se: ênfase naprática da administração; reafirmação relativa das proposições clássicas; ênfase nos princípios gerais de gestão; ênfase nos objetivos e resultados. A teoria têm como principal referência Peter Drucker, mas também inclui um grupo amplo de autores como Willian Newman, Ernest Dale, Ralph Davis, Louis Allen e George Terry.

Abordagem da burocracia: Organização Formal Burocrática;Racionalidade Organizacional;

Segundo essa teoria, um homem pode ser pago para agir e se comportar de certa maneira preestabelecida, a qual lhe deve ser explicada, muito minuciosamente e, em hipótese alguma, permitindo que suas emoções interfiram no seu desempenho. Contudo, Teoria burocracia é uma forma de organização, que se baseia na racionalidade, isto é, na adequação dos meios aosobjetivos (fins) pretendidos, a fim de garantir a máxima eficiência possível no alcance dos objetivos. Principais características: Caráter legal das normas e regulamentos; Caráter formal das comunicações; Caráter racional e divisão do trabalho; Impessoalidade nas relações; Hierarquia da autoridade; Rotinas e procedimentos; Competência técnica e Meritocracia; Profissionalização dos participantes; Completaprevisibilidade do funcionamento.

Abordagem estruturalista: Múltipla abordagem: Organização formal e informal; Análise intra-organizacional e análise interorganizacional;

Surgiu por volta da década de 50, como um desdobramento dos autores voltados para a Teoria da Burocracia que tentaram conciliar as teses propostas pela Teoria Clássica e pela Teoria das Relações Humanas.Os autores estruturalistas procuram inter-relacionar as organizações com o seu ambiente externo, que é a sociedade maior, ou seja, a sociedade de organizações, caracterizada pela interdependência entre as organizações. É caracterizada pelo Homem Organizacional e a Reengenharia,

Escola das relações humanas: Organização informal; Motivação, liderança, comunicações e dinâmica de grupo;...
tracking img