Organização pedagógica dos espaços educativos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1034 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
DISCIPLINA: ORGANIZAÇÃO PEDAGÓGICA DOS ESPAÇOS EDUCATIVOS

2. Volte-se a um espaço educativo não-formal de sua cidade, procurando investigar se este contexto está organizado para a prática inclusiva (constitua este texto como uma demonstração da realidade da inclusão em um espaço específico). Em seu texto indique os seguintes aspectos:
o Qual a caracterização do espaço educativo não-formalpesquisado?
(Nome da instituição, fins a que se destina, natureza de sua atuação, clientela, profissionais que nela atuam e suas formações); o Este espaço possui ações e configurações (espaciais, tecnológicas,etc.) direcionadas ao atendimento de pessoas com necessidades educativas especiais?; o Este espaço educativo não-formal já ofereceu (ou oferece atualmente) atendimento a pessoas comnecessidades educativas especiais? (Se a resposta a esta pergunta for afirmativa, entreviste pelo menos um dos profissionais que atuaram em práticas inclusivas neste espaço, questionando-o sobre suas experiências mais significativas em relação a esta atuação); Como a presença de um Pedagogo pode contribuir para a implementação de práticas inclusivas neste espaço educativo não-formal? (se existem Pedagogosatuando neste espaço, cite quais têm sido suas práticas e contribuições neste sentido).
Registre em forma de texto.

Trabalhei com crianças da Igreja do Evangelho Quadrangular em Araucária e pude constatar que a sala não comporta crianças com necessidades especiais, a sala caracteriza-se por serem crianças filhos dos membros da igreja, que recebem educação religiosa com ensinamentos bíblicos.Não há profissionais de magistério como professoras são voluntárias que trabalham com o número de 10 crianças ás 5ª feiras á noite e domingo de manhã e noite. Durante os horários de cultos.
Como iniciei o texto não há crianças portadoras de necessidades especiais e nenhuma das salas é adaptada pra isso.
A salas tem brinquedos e jogos didáticos, como mencionando anteriormente, sobre educaçãocristã, não há pedagogos que estejam em sala, entretanto a Coordenadora do projeto, é uma pedagoga formada e professora na rede publica de ensino. Ao conversar com ela, esta me relatou que nunca receberam crianças com necessidades especiais, pois as voluntárias não estão preparadas e não há material para atender essa crianças. Apesar de terem várias salas, pois as crianças são divididas por idades aprioridade é dada sempre aos alunos de 2 a 4 anos, pois é nessa idade que a criança esta começando a entender o que é certo e errado e noções de cooperativismo e companheirismo.
DISCIPLINA: FUNDAMENTOS PARA EDUCAÇÃO ESPECIAL.
A acessibilidade física é um dos principais problemas enfrentados pelas Pessoas que possuem algum tipo de deficiência. Faça uma pesquisa e descubra quais as principaisbarreiras encontradas na vida em sociedade e na escola, por pessoas que apresentam,
a) deficiência visual;
b) deficiência física;
c) surdez.
Organize um relatório com as informações colhidas e, ao final de sua sugestão para a melhoria na qualidade de vida dessas pessoas.

Acessibilidade e Cidadania: Barreiras Arquitetônicas e Exclusão Social dos Portadores de Deficiências Físicas
Segundodados do IBGE, no ano de 2000, 23,06% da população brasileira era composta por pessoas idosas ou portadoras de algum tipo de deficiência física. Essa significativa parcela da população encontra-se impedida de exercer plenamente sua cidadania, na medida em que encontra sérias dificuldades para se locomover no ambiente construído, tanto dos edifícios como do espaço urbano. a Lei n° 10.098, de 19 deDezembro de 2000, estabelece normas gerais e critérios básicos para promoção da acessibilidade das pessoas portadoras de deficiência ou com mobilidade reduzida, mediante a supressão de barreiras e de obstáculos nas vias e espaços públicos, no mobiliário urbano, na construção e reforma de edifícios e nos meios de transporte e de comunicação. Quem já não viu um cego querendo atravessar a rua? Em...
tracking img