Organismos geneticamente modificados

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2426 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Organismo Geneticamente Modificados (OGM)
Trabalho elaborado por: Rui Moreira nº23, Sandra Silva nº24, Susana Carvalho nº27 e Tiago Araújo nº28 para a disciplina de «Biologia»leccionada pela professora Helena Barros.

Trabalho elaborado por: Rui Moreira nº23, Sandra Silva nº24, Susana Carvalho nº27 e Tiago Araújo nº28 para adisciplina de «Biologia» leccionada pela professora Helena Barros.

Índice:

Lista de figuras ii
Lista de gráficos ii

1. Introdução 1
2. Conceito de OGM 2
3. Biotecnologia e OGM 3
3.1. ADN Recombinante 3
4. Exemplos de OGM 5
5. Vantagens e Desvantagens 6
6. OGM no Mundo e na Europa 7
7.Dimensão etica da crianção de Organismos Geneticamente Modificados 9
8. Conclusão 11
i
i
9. Bibliografia 12

Lista de Figuras:

1. Técnica do DNA Recombinante 4


Lista de Gráficos:

1. Cultivo de transgénicos (milho e batata) na União Europeia desde 2004 8

ii
ii

1. Introdução:

No âmbito da disciplina de Biologia, inserido no plano curricular do curso de Ciência eTecnologias do 12º ano de escolaridade, foi-nos proposta a elaboração de um trabalho científico com o tema “Organismos geneticamente modificados ”.
A Biotecnologia refere-se ao conjunto de conhecimentos que permite a utilização de agentes biológicos (organismos, células, organelos, moléculas) para obtenção de bens ou assegurar serviços, possibilitando, portanto, a modificação de processos e aexploração novas oportunidades, como é o caso dos organismos geneticamente modificados.
No que concerne aos objectivos gerais deste trabalho, pretendemos reflectir sobre a temática “Organismos geneticamente modificados”, quer ao nível das suas técnicas de produção, vantagens e desvantagens e, ainda, pretendemos reflectir sobre as questões éticas associadas a esta problemática.
Relativamente àestrutura do trabalho, este apresenta três partes constituintes: i) A presente introdução, na qual se pretende um enquadramento do trabalho no tempo e no espaço, uma breve alusão ao tema, a apresentação de objectivos gerais e pessoais, e a referenciação da estrutura e metodologia utilizada para a sua realização. ii) O desenvolvimento que se divide em seis partes, onde a primeira contém o conceito deorganismos geneticamente modificados; a segunda refere-se à relação entre biotecnologia e OGM; a terceira contém alguns exemplos; a quarta refere-se às vantagens e desvantagens; a quinta contém informações sobre OGM no Mundo e na Europa; e a sexta parte refere-se às dimensões éticas desta temática. iii) Por último, será exposta uma conclusão que incluirá a síntese dos aspectos abordados e asconclusões atingidas, a apresentação e fundamentação dos objectivos concretizados e/ou não concretizados, bem como uma reflexão acerca da experiência desenvolvida e os seus contributos para o desenvolvimento pessoal e profissional.
Visando alcançar os objectivos estipulados, recorremos à pesquisa bibliográfica e electrónica.

1
1

2. Conceito de OGM

A produção de OGM existe desde o início dadécada de 1980, mas só em 1992, na China, foi plantada comercialmente a primeira variante transgénica de uma planta, neste caso tabaco tolerante a um herbicida específico. A partir de meados da década de 1990, algumas culturas transgénicas, em especial o milho e a soja, começaram a proliferar, e ficou claro que não tardaria muito tempo para que uma generalização 0destas culturas estivesse em...
tracking img