Organelas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1333 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
DISTRIBUIÇÃO SEXUAL E ECOLOGIA POPULACIONAL DE NEEA THEIFERA OERST. (NYCTAGINACEAE) EM UMA ÁREA RUPESTRE NO BIOMA CERRADO
F.W. Amorim 1,2; C. Mendes-Rodrigues 1& P.E. Oliveira 1.
1 - Universidade Federal de Uberlândia, Instituto de Biologia, Programa de Pós-Graduação em Ecologia e Conservação de Recursos Naturais, Uberlândia - MG. 2 - amorimfelipe@yahoo.com.br

INTRODUÇÃO
A dioicia é umsistema sexual amplamente distribuído entre as Angiospermas e envolve a separação completa das funções sexuais das plantas em indivíduos produtores de gametófitos exclusivamente masculinos ou femininos. Este sistema reprodutivo evoluiu várias vezes dentro das Angiospermas, sendo possivelmente dirigido por diferentes pressões ecológicas (Freeman et al. 1997). A dioicia parece estar associada comdistribuição tropical, hábito arbustivo-arbóreo, produção massiva de flores pequenas e inconspícuas com colorações claras ou pálidas, polinização por insetos pequenos e generalistas, produção de frutos carnosos e dispersão zoocórica realizada especialmente por aves (Renner & Ricklefs 1995). Características sexuais secundárias são aspectos também muito comuns entre plantas dióicas tropicais e estãorelacionadas especialmente aos processos de seleção sexual. Estas características podem se expressar através da produção diferencial de estruturas de atração dos visitantes (quantidade de flores), de recursos florais e mesmo no enviesamento da razão sexual das populações de espécies dióicas. A biologia e estrutura populacional de algumas espécies dióicas podem ser fortemente influenciadas por fatoresambientais, como clima, solo e altitude. O que em alguns casos podem gerar segregação espacial dos morfos sexuais. Gradientes de altitude são fatores que também parecem influenciar na distribuição espacial dos morfos sexuais, assim como, no crescimento, na razão sexual e mesmo na ecologia da polinização de populações dióicas (Freeman et al. 1997). Este trabalho teve como objetivo estudar algunsaspectos da biologia floral da espécie dióica Neea theifera Oerst. (Nyctaginaceae) num gradiente de altitude em uma área de Cerrado rupestre, e determinar a estrutura sexual da população (distribuição de gênero), verificando as possíveis influências do gradiente altitudinal nestes processos.

MATERIAL E MÉTODOS
O estudo foi conduzido durante o mês de outubro nos anos de 2003 e 2006 no ParqueEstadual da Serra de Caldas Novas - PESCAN (17º46' S - 48º39' W), situado entre os municípios de Caldas Novas e Rio Quente no sudeste do estado de Goiás, região centro-oeste brasileira. A razão sexual da população foi determinada através da amostragem dos indivíduos floridos encontrados em transectos no gradiente altitudinal. As diferenças na razão sexual em relação ao esperado de 1:1, foi determinadapelo teste Qui-quadrado com correção de Yates. Em cada planta encontrada, além do morfo sexual, foi determinada sua altura, área basal e com auxílio de GPS a altitude de ocorrência. Para avaliar a influência do gradiente de altitude sobre o porte das plantas, foram feitas análises de correlação entre as medidas de altura e de área basal com a altitude de ocorrência de cada indivíduo. As diferençasmorfométricas entre plantas masculinas e femininas com relação a altura, área basal, morfologia floral, número de flores por inflorescências e inflorescências por planta, foram verificadas pelo teste de Mann-Witney (U) ou pelo teste t de Student. Para determinar se existia segregação espacial de gênero na população (agregação entre os morfos sexuais), foi utilizado o Run test (Zar 1984). Aexistência de maturação sexual ou mortalidade diferencial entre os morfos sexuais foi determinada utilizando-se os valores de área basal total e de altura, como parâmetros relativos de estimativa de idade da planta (Opler & Bawa 1978). As diferenças nas disparidades das freqüências acumuladas das menores e das maiores classes de área basal e de altura foram avaliadas pelo teste Kolmogorov-Smirnov (D),...
tracking img